Rich Snippets do Google: o que são e principais tipos

Os rich snippets podem influenciar na taxa de cliques nos resultados do Google


Table of Contents


Ilustração: mulher observa um rich snippet do Google com uma lupa. Figurar na primeira página do maior buscador do mundo não é fácil. Quando isso acontece, é uma boa ideia oferecer recursos extras aos usuários, o que é feito por meio dos rich snippets do Google. 

Eles estão disponíveis ao longo da página de resultados, em diferentes formatos, e servem para beneficiar a experiência do usuário. 

Como consequência, o resultado com um rich snippet tende a receber mais cliques e melhorar os resultados orgânicos de um site, blog corporativo ou outros formatos de páginas na web.

É justamente por isso que seu uso é considerado uma tática de SEO e também influencia no marketing de conteúdo

Mas, afinal, o que são os rich snippets? Como implementar esses importantes recursos em seus resultados no Google? As respostas para essas e outras perguntas você encontra no texto a seguir. 

O que são os rich snippets do Google?

Rich snippets são informações adicionais incluídas em alguns resultados do Google. 

Ou seja, são resultados aprimorados que contém detalhes extras e têm um maior apelo visual, revelando mais detalhes sobre a página, além daqueles disponíveis de forma convencional.

Eles também são chamados de resultados ricos ou, em uma tradução literal, fragmentos ricos. 

Vamos dar uma olhada para comparar os dois tipos de resultados. 

A imagem abaixo mostra o resultado para a busca por “receita de bolo de cenoura”.

Print: rich snippet de receita.Como você pode ver, há elementos regulares de um resultado no Google: URL, breadcrumbs, SEO title e meta descrição

A imagem incluída à direita já pode, por si só, ser considerada um rich snippet, já que trata-se de um recurso adicional que não aparece em todos os resultados. 

Agora, vamos verificar a aparência de um resultado com outro rich snippet. 

Print: rich snippet de avaliação.Nessa imagem, além das features tradicionais, observamos um rich snippet de avaliação, no qual os usuários dão nota à receita em questão, de 1 a 5 estrelas, e que inclui quantas pessoas a fizeram, o número de porções obtidas e o tempo de preparo. 

Contudo, esse é apenas um exemplo. Existem muitos outros tipos de fragmentos adicionais nos resultados de busca, sobre os quais trataremos mais adiante. 

Quais são os benefícios dos rich snippets do Google?

Oficialmente, os rich snippets não são um fator de ranqueamento direto. Isso quer dizer que não entram no cálculo realizado pelo algoritmo toda vez que um usuário realiza uma busca. 

Apesar disso, afetam indiretamente o Googlebot. 

Isso porque rich snippets atraem mais cliques, o que aumenta o CTR desses resultados, mostrando aos robôs do Google que o usuário os considera relevantes.

Para os usuários, esses fragmentos melhoram sua experiência, ao trazer informações rápidas para ajudá-lo a decidir em qual dos links exibidos clicar. 

Quais são os tipos de rich snippets existentes?

Existem diversos tipos de rich snippets, apesar de alguns profissionais assim considerarem somente os detalhes adicionais nos resultados regulares. 

Há, por exemplo, os rich snippets interativos

Print: rich snippet interativo de carrossel.Aqui o Google oferece ao usuário a opção de navegar pelos diversos itens em um snippet de carrossel

Print: rich snippet de ficha.Nesse outro exemplo, é exibido um snippet de ficha de descrição ao digitar o nome de uma famosa artista brasileira. 

Esse formato de snippet também pode trazer informações sobre empresas, sendo um importante fator de SEO local. 

Print: rich snippet utilitário.Esse é um exemplo de snippet utilitário, que é nativo do Google, não um recurso em outra página. 

Também é possível utilizá-lo em outros formatos, como conversores de unidades e códigos de cores. 

Print: rich snippet de mapa.Já no resultado acima vemos o uso de múltiplos snippets. 

Ao digitar padaria, o mecanismo recorre ao Google Maps para mostrar resultados próximos e localização de estabelecimentos em um snippet de mapa

Mas também oferece snippets de review, exatamente como nas receitas, filmes ou álbuns musicais. 

Print: rich snippet de descoberta.No caso acima, vemos um snippet de descoberta, exportado do Google Discover, que traz notícias e outras informações relevantes para facilitar o processo de busca.

Print: rich snippet social.Aqui o que vemos é um snippet social, no qual as atividades recentes de um determinado usuário são exportadas diretamente de uma de suas redes sociais. 

Print: featured snippet.Esse é um dos exemplos mais clássicos, também chamado de featured snippet ou trecho em destaque.

Existem, ainda, muitos outros exemplos de rich snippets.

Para profissionais da área de otimização, é importante avaliá-los, entender quais podem ser relevantes para o usuário e incorporá-los em suas páginas. 

Como conquistar rich snippets no Google?

Para conquistar rich snippets no Google, é necessário realizar ações diretamente no código HTML do site por meio de marcações de dados estruturados. 

Ou seja, exige a participação de um desenvolvedor. 

Existem diferentes formatos de marcações, como os microdados, microformatos e RDFa. 

Há, inclusive, uma ferramenta para testar os dados estruturados e garantir que eles serão lidos corretamente pela plataforma. 

Este texto foi útil para você? Caso sim, que tal se inscrever na nossa newsletter para ter acesso a muitos outros conteúdos?

Nova call to action

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts