O que é e como utilizar o marketing financeiro nos negócios

Entenda o conceito e saiba aplicar essa estratégia para alavancar sua empresa


Table of Contents


Imagem: duas pessoas olhando para uma página da web com vários ícones relcionados ao dinheiro, representando o marketing financeiro

O marketing financeiro representa uma boa oportunidade de atrair clientes por meio da estratégia e da publicidade de marcas que atuam na área financeira.

Assim como ocorre em outros setores da economia, como no agronegócio, é fundamental adotar estratégias de marketing que sejam voltadas para as particularidades do segmento de seu negócio.

No caso do setor financeiro, é essencial que as empresas entendam como conversar com seu público em potencial, para, assim, poder convertê-lo em cliente.

Para isso, os negócios da área financeira devem compreender as particularidades do setor e, ao mesmo tempo, as demandas que as pessoas têm quando o assunto é finanças.

Além da publicidade tradicional, é fundamental adotar estratégias de marketing financeiro que possibilitem a atração, a conversão e a fidelização de um cliente – em outras palavras, ter um relacionamento duradouro.

O setor financeiro tem grande potencial de engajamento com a população, e a digitalização de serviços contribui significativamente para que as marcas da área possam alcançar mais pessoas. 

Veja exemplos:

  • o percentual de adultos que têm acesso a serviços financeiros atingiu 96% em 2020, de acordo com relatório do Banco Central;
  • o uso de meios de pagamento por canais digitais, como internet e mobile banking, são responsáveis por 67% das transações no Brasil, segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos);
  • o PIX, um dos exemplos de meio de pagamento digital, é aprovado por 85% dos brasileiros, também de acordo com a Febraban.

O marketing financeiro existe para que as empresas do setor possam criar um relacionamento com seu público, aproveitando as oportunidades que o uso de serviços desse setor traz para as marcas. 

Neste artigo vamos definir, dar exemplos e mostrar possibilidades de aplicação do marketing financeiro.

O que é marketing financeiro?

O marketing financeiro é um conjunto de estratégias que tem como objetivo divulgar e promover instituições ligadas às finanças, atraindo pessoas ou empresas interessadas nos serviços oferecidos, visando convertê-las em clientes. 

No entanto, as empresas precisam ir mais além do que “apenas” atrair clientes. É necessário saber se relacionar com seu público alvo, promover o engajamento e a fidelização do mesmo. E são em todas essas etapas que o marketing financeiro atua.

Onde aplicar o marketing financeiro?Imagem abstrata: uma pessoa saltando com um notebook em mãos. No lugar de sua cabeça há uma efígie simbólica, presente nas notas de dinheiro.

O marketing financeiro pode ser aplicado em diversos segmentos econômicos. Além do setor bancário, os mercados de investimento, crédito, câmbio, imobiliário, fintechs, educação financeira e muitos outros são possibilidades de aplicação das técnicas de marketing.

Abaixo, veja alguns tipos de empresas que podem se beneficiar do marketing financeiro:

  • Bancos tradicionais e digitais;
  • Instituições de contas digitais;
  • Empresas de crédito;
  • Empresas de cartões;
  • Serviços de contabilidade;
  • Corretoras de investimentos;
  • Empresas de benefícios;
  • Instituições de câmbio;
  • Serviços de programas de pontos e fidelidade;
  • Marcas de e-commerce e marketplaces;
  • Empresas de educação financeira;
  • Seguradoras;
  • Fintechs.

É importante lembrar também que o marketing financeiro pode ser usado tanto no mercado B2B, voltado para o relacionamento de venda entre empresas, quanto B2C, quando a relação ocorre entre uma empresa e o público consumidor final.

Nesse caso, é importante entender que as estratégias de marketing são diferentes em cada segmento. Por exemplo: se uma marca deseja realizar vendas de um sistema de gestão de finanças para empresas, pode ser interessante produzir conteúdos voltados ao ramo empresarial, como capital de giro, fluxo de caixa etc.

Agora, se a marca realiza vendas de um serviço de pagamento voltado a pessoas físicas, uma possibilidade é criar conteúdos sobre finanças pessoais, orçamento doméstico, entre outros.

Qual é a importância do marketing financeiro?

O marketing é importante para a estratégia de negócios de qualquer empresa. Com as diversas possibilidades digitais (como as redes sociais e o email marketing, por exemplo) é mais fácil atingir mais pessoas, ir além do público que seria impactado por meio da publicidade tradicional, em TV ou veículo impresso.

Outra vantagem do marketing financeiro é o ganho de autoridade da marca. O mercado é concorrido, e diversas empresas disputam a atenção e a confiança do público. Apenas no ramo de startups são mais de 1.200 empresas no Brasil, de acordo com relatório da empresa Distrito, especializada no assunto. 

Em um setor repleto de concorrentes, é essencial criar um bom posicionamento e ser reconhecido como uma marca que agrega valor aos clientes. Um dos meios para isso é investir em marketing financeiro.

Por fim, o marketing financeiro ajuda a responder às demandas do público. Com a aplicação estratégica do conceito, é possível entender as necessidades e os anseios das pessoas, além de fidelizar e engajar clientes com sua marca.

Como aplicar o marketing financeiro?

Quatro mão seguram quatro objetos: uma lupa, um megafone, um smartphone e um ímã.

1. Invista no digital

O marketing digital amplia as possibilidades de contato e relacionamento com o seu público, por valores mais baixos do que anúncios em publicidade tradicional, por exemplo.

Além disso, ao investir no digital, a sua marca atinge mais pessoas, em diferentes meios (sites, motores de busca, redes sociais, aplicativos, entre outros).

O marketing digital ainda permite segmentar ações, o que traz mais eficiência em campanhas publicitárias. 

2.Integre as ações com o app

O marketing financeiro eficiente é aquele no qual as ações publicitárias são integradas com aplicativos de produtos e serviços que o negócio oferece.

O app da marca é uma excelente maneira de coletar informações que ajudam na segmentação de campanhas, como tempo de acesso, áreas visitadas e outras interações. Com esses dados, é possível impactar clientes de forma direcionada, com base em seu comportamento no aplicativo.

Também vale lembrar que o app é um canal direto de comunicação com o público. Por isso, lembre-se de usar o aplicativo para manter a sua base de clientes informada e engajada com a sua marca.

3. Crie conteúdo relevante para atração

Criar conteúdo relevante também é uma parte essencial do marketing financeiro. Deve-se lembrar de agregar valor para o público e, dessa maneira, atraí-lo para adquirir o seu produto ou serviço de maneira eficiente.

Uma das possibilidades de investir em conteúdo relevante para atrair público são os blogs, que contribuem para aspectos como  autoridade de marca, visitas a sites e aplicativos, por exemplo.

Os blog posts são uma forma de investimento em conteúdo para atrair público, além de conceder autoridade à marca, se forem de qualidade e trabalhar as técnicas de SEO. É necessário que o artigo tenha relevância para a persona do seu negócio.

O Banco PAN é uma das instituições que usou o marketing financeiro ao criar conteúdos relevantes no blog Amigo do Dinheiro, que combina excelência editorial com diversas estratégias de marketing. Entre os resultados, está o aumento de 1.141% de visitas orgânicas no site do banco em 1 ano. Saiba mais sobre esse case.

4. Seja multicanal

Existem vários canais de comunicação, que são meios usados pelas marcas para entregar uma mensagem ao seu público.  

Isso significa que é essencial ser multicanal para dialogar em diferentes frentes. Deve-se analisar quais são os principais canais usados pelo seu público-alvo e produzir conteúdos e outras oportunidades de contato em cada um deles.

Perfis em redes sociais, aplicativos, sites, blogs, emails e canais tradicionais, como televisão e mídia impressa, são apenas alguns dos recursos possíveis de contato com o público.

5. Aposte na experiência do usuário

A experiência do usuário é um aspecto essencial para um bom marketing financeiro em todos os canais de relacionamento com seu público. 

Isso é importante, por exemplo, nos apps, para evitar frustrações na utilização de produtos e serviços que, por problemas técnicos ou por erros na apresentação de ferramentas ao usuário, impossibilitem seu uso adequado por parte dos clientes.

A experiência do usuário também vale para páginas de produtos, blogs etc. O bom funcionamento dessa estrutura garante um maior tempo de permanência de quem está visitando o site e influencia em seu retorno.

Logo, preocupar-se em melhorar a experiência de leitura significa proporcionar um bom relacionamento do público com a sua marca e faz a diferença quando o assunto é marketing financeiro.

6. Foque nas FAQs

As FAQs (Frequently Asked Questions, em português “perguntas frequentes”) fazem parte de uma lista de tipos de conteúdo que uma marca pode utilizar. Essas páginas visam responder às principais dúvidas de usuários em relação a produtos, serviços ou mesmo à própria marca.

Para conhecer todas as possibilidades de aplicação do marketing financeiro ou marketing digital na sua empresa, entre em contato conosco.

Nova call to action

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts