Estratégia de SEO: saiba como criar a sua

Uma boa estratégia de SEO pode levá-lo ao topo do Google


Table of Contents


Ilustração: um homem segurando uma lupa e uma mulher com uma bandeira com o número 1. Por detrás deles, há uma barra de buscas, representando uma estratégia de SEO.Elaborar uma estratégia de SEO não é uma tarefa fácil. 

Afinal, são muitas as nuances que envolvem a otimização para mecanismos de busca. 

Por um lado, temos o SEO on page, no qual ocorre a identificação de palavras-chave, estruturação de pautas e criação de conteúdo

Do outro, há o SEO off page, que consiste na descoberta de oportunidades e metodologias para a aquisição de backlinks

Sem falar na atividade que envolve desenvolvedores na resolução de problemas de indexação, páginas de erro e performance do site, o chamado SEO técnico.

Por fim, há outros processos que envolvem o SEO local, o SEO para ecommerce e as contra indicações do SEO black hat e do SEO negativo. Estas duas últimas, ações que devem ser evitadas. 

Soma-se a tudo isso a sua inegável relação com o inbound marketing e temos um complexo mecanismo que precisa operar em perfeitas condições para potencializar os recursos aplicados. 

Então, se você quer saber como funciona uma estratégia de SEO e os passos necessários para criá-la, chegou ao lugar certo. No texto a seguir, saiba as respostas para essas questões. 

O que é estratégia de SEO?

A tela de uma página de resultados de busca.Estratégia de SEO é o processo de planejamento, documentação e implementação de ações que visam posicionar as páginas de um site ou blog no topo dos mecanismos de busca. Seu principal objetivo é gerar tráfego e, posteriormente, efetuar vendas. 

Trata-se de uma das mais consagradas estratégias de marketing digital, já que utiliza-se da principal ferramenta de tráfego orgânico na web: os buscadores. 

O SEO tem como foco atrair desconhecidos ou reforçar a presença digital de uma marca para visitantes recorrentes. Assim, estabelecendo laços duradouros e fazendo com que o potencial comprador avance na jornada do cliente por meio do funil de vendas

Como criar uma estratégia de SEO?

Ilustração: duas mãos seguram um ícone de link clicável e uma ferramenta. Ao fundo, há uma página da web.

Para criar uma estratégia de SEO, é preciso antever as ações que serão realizadas dentro de um determinado prazo. Ou seja, elaborar um plano de SEO baseado em dados e decisões estratégicas. 

Como o SEO envolve diferentes atividades, elas devem dialogar entre si. Assim, é possível direcionar os esforços e dar prioridade às atividades que geram os melhores resultados. 

Passo 1: Pesquisa

O primeiro passo de uma estratégia de SEO é a pesquisa. Aqui são analisados os dados já existentes do site, o que permite uma avaliação completa da situação atual. 

É também onde ocorre a identificação de palavras-chave relevantes, que são essenciais para a produção de conteúdo otimizado do SEO para blog. 

Antes de prosseguir, é preciso frisar que cada empresa possui sua própria metodologia, de modo que as ações descritas a seguir são apenas sugestões de processos já experimentados. 

Na etapa da pesquisa, faça o seguinte: 

Crie uma lista de tópicos relevantes

Eles devem ser relevantes para a persona e, normalmente, relacionados ao produto ou serviço oferecidos. 

Além disso, é recomendado que se atenha a um assunto específico, para que os buscadores identifiquem sua força temática. 

Vamos supor que você seja responsável pelo marketing de uma agência digital, como a Prosperidade Conteúdos. Assim, alguns tópicos poderiam ser: 

  • Marketing Digital
  • Marketing de Conteúdo
  • Inbound Marketing
  • Redes Sociais
  • Email Marketing.

Identifique as palavras-chave

A seguir, utilizando uma ferramenta de palavras-chave (como SEMrush, Moz, Ahrefs, Ubersuggest ou o Planejador de Palavras-Chave), identifique keywords de interesse do público, levando em consideração o volume, a dificuldade de ranqueamento e o quanto elas são valiosas para o negócio. 

Nesse caso, é comum que sejam termos de long tail. Ou seja, mais específicas, mas com maior facilidade de classificação no Google. 

Seguindo o exemplo, temos: 

  • Marketing digital para pequenas empresas
  • Criação de conteúdo digital
  • Como criar um funil de vendas
  • Como vender pelo Instagram
  • Como funciona a aquisição de leads.

Repare que cada um dos termos está relacionado a um tópico definido anteriormente. 

Mas, claro, você deve encontrar diversas oportunidades para cada um deles, trazendo uma vasta gama de sugestões de temas para a redação de textos.

Avalie as melhores oportunidades

É chegada a hora de utilizar as palavras-chave encontradas para a elaboração de pautas. 

Antes de selecioná-las, observe as páginas concorrentes, avalie a possibilidade de ranqueamento, defina objetivos para cada uma delas. Além disso, atente-se à intenção de busca do usuário para garantir que seja apropriada. 

Na sequência, elabore um documento para direcionar o redator responsável, com elementos como: 

  • Palavra-chave primária, secundárias, relacionadas e sinônimos
  • Sugestão de tópicos
  • Tamanho do texto
  • Tom de voz
  • Persona para a qual se destina o texto
  • Links de referência. 

Você também pode utilizar os tópicos listados no início do processo para criar páginas pilares (pillar posts), que são textos mais completos que têm como função servir como alicerce para as demais postagens. 

Isso quer dizer que as demais páginas devem conter links para as páginas pilares, indicando aos mecanismos que aquele é um post de alta relevância. 

Redija textos com foco em SEO

Na próxima fase é chegado o momento de colocar a mão na massa e produzir o conteúdo otimizado. 

Ele deve cumprir a promessa do título e se encaixar nos parâmetros indicados para SEO on page. O que quer dizer que o redator precisa se preocupar com elementos como: 

  • SEO title
  • Uso da palavra-chave
  • Meta description
  • Alt text
  • Links internos e de saída.

Além disso, claro, é necessário focar na qualidade do conteúdo e na experiência de leitura do usuário. Leve em consideração, também, os múltiplos formatos que complementam o texto, como vídeos, imagens e infográficos. 

Passo 2: Auditoria

O processo de auditoria ocorre em estratégias de longo prazo. 

Ele consiste em avaliar páginas já existentes na busca por problemas de rastreabilidade, indexação, links quebrados e performance de páginas e elementos de página que possam prejudicar a experiência do usuário. 

Passo 3: Otimização

Na otimização são solucionados os problemas identificados na auditoria. Além disso, são verificadas oportunidades de otimização nas páginas do blog. 

Nesse caso, é possível fazer alterações, extensões ou atualizações de conteúdo para que as páginas tenham um melhor desempenho.

Passo 4: Divulgação

A divulgação utiliza-se dos canais existentes para alcançar melhores resultados de SEO. 

Aqui é possível, por exemplo, usar ferramentas de auxílio como o email marketing, as redes sociais e até mesmo a mídia paga

É, também, quando são aplicadas estratégias de link building, como as relações públicas digitais e os guest posts, no chamado SEO off page. 

O objetivo é, além de atrair tráfego de referência, aumentar a autoridade das páginas para que obtenham uma melhor classificação nos motores de pesquisa.

Passo 5: Análise e repetição

Ao fim do período determinado previamente, é preciso reavaliar a eficiência da estratégia. 

Assim, são avaliados os relatórios e as métricas de marketing cabíveis, mantendo-se o que funcionou e realizando ajustes no que não deu certo.

A seguir, o ciclo se reinicia e é definido um novo prazo de execução da estratégia de SEO. 

É claro que as ações aqui detalhadas são apenas um resumo de tudo aquilo que se pratica em ações de otimização. 

Então, se você deseja saber mais sobre esse universo, inscreva-se em nossa newsletter e receba mais informações sobre o tema diretamente na sua caixa de entrada. 

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts