Densidade de Palavra-Chave: O que é? Qual é a quantidade ideal?

Saiba como estabelecer um uso de keywords ideal em textos para blogs e sites


Table of Contents


Ilustração: uma mulher observando páginas na web, destacando a densidade de palavra-chave.As palavras-chave, também chamadas de keywords ou KWs, de blog posts e sites são essenciais para uma boa estratégia de SEO (Search Engine Optimization).

Elas são peças importantes na geração de conteúdo, já que contribuem para o posicionamento de páginas em motores de busca como o Google.

As keywords são termos utilizados por usuários de sites para encontrar conteúdos que respondam às suas dúvidas ou necessidades.

Porém, sites como o Google não exibem esses conteúdos de maneira aleatória, já que utilizam critérios técnicos para listar os resultados apresentados na página de busca.

Ao realizar o ranqueamento de páginas, o Google avalia uma série de aspectos técnicos do blog post ou página para listá-la entre as primeiras posições da SERP.

Uma das maneiras de aparecer no topo ou, ao menos, na primeira página de resultados é contar com uma boa densidade de palavras-chave no conteúdo.

Isso não quer dizer que a keyword deve estar presente de maneira excessiva no texto. Aliás, essa prática pode gerar penalizações do Google.

Para não errar na hora de produzir conteúdos relevantes para a audiência, otimizados para os mecanismos de busca, entenda o que é a densidade de palavra-chave, como estabelecer a quantidade ideal delas no texto e como evitar o excesso, prática conhecida como keyword stuffing.

O que é densidade de palavra-chave?

A densidade de palavra-chave ou keyword density é uma porcentagem que mostra quantas vezes o termo é apresentado em um conteúdo, como um blog post.

Ou seja, é um dado que indica qual é a porcentagem de palavras-chave em relação ao total de palavras do conteúdo.

O número de vezes que uma palavra-chave aparece em uma página quando comparado com o total de palavras usadas no conteúdo é importante para mostrar aos motores de busca que a página ou blog post responde ao objetivo de busca de usuários.

Quanto mais alta a porcentagem ou densidade, mais vezes a keyword aparece em um texto. 

No entanto, caso a palavra-chave seja usada de maneira excessiva, os motores de busca podem entender que o conteúdo não é original e que foi produzido apenas para ranqueamento. 

Isso aumenta as chances de penalização de páginas e do site como um todo, já que o excesso de keywords é considerado pouco atraente para usuários.

Ao mesmo tempo, se a densidade da palavra-chave for próxima de zero, os buscadores avaliarão que o conteúdo não aborda o assunto da keyword e, portanto, não é relevante para quem usa o termo em buscas.

Por causa disso, a página não será exibida com destaque nos resultados de busca, pois os motores não detectarão a palavra-chave em densidade suficiente para considerar o conteúdo relevante para ser exibido nas primeiras posições.

Como saber qual é a densidade de palavra-chave ideal?

Ilustração: a tela de um computador, com linhas representando um texto e vários ícones de chave.Em geral, especialistas indicam que o índice de densidade de palavra-chave ideal varia entre 1% e 4% do total de palavras de uma página.

Por exemplo: se uma keyword aparece 10 vezes em um blog post de 1.000 palavras, a keyword density será de 1% (10 / 1.000 = 0,01 = 1%).

É fundamental incluir as palavras-chave de maneira natural no texto, em títulos, intertítulos e no restante do conteúdo.

A leitura deve ser fluida e agradável aos usuários, por isso a presença excessiva da keyword também é prejudicial para a experiência de leitura.

Portanto, além de saber qual é a densidade ideal de palavra-chave dos conteúdos, é importante produzi-los com foco em usuários e, posteriormente, incluir ou ajustar os termos para não gerar o chamado keyword stuffing.

Como evitar o keyword stuffing?

Imagem abstrata: uma mulher sentada em um pufe com um notebook sobre o colo. No lugar de sua cabeça há um olho.O keyword stuffing é o excesso de uso da palavra-chave por meio da repetição desnecessária do termo no texto.

Isso traz uma experiência ruim de leitura e prejudica o ranqueamento de conteúdos, já que os motores de busca podem considerar que a página não é relevante porque não foi feita por pessoas e para pessoas.

Aliás, esse conceito faz parte de uma das atualizações do Google, chamada Google’s People-First ou Google’s Helpful Content Update.

Logo, para evitar o keyword stuffing, o primeiro passo é produzir conteúdos originais, relevantes e que sejam feitos por pessoas para atender ao interesse de busca de outras pessoas, proporcionando boas experiências de leitura.

Utilize também a fórmula de cálculo de densidade de palavra-chave para manter a presença do termo em torno de 4% do texto.

Ainda é possível recorrer a ferramentas que auxiliam a verificar a keyword density, como por exemplo:

Para não errar na hora de criar conteúdos relevantes para a audiência nem sofrer penalizações de motores de busca, entre em contato conosco e aproveite todas as possibilidades do marketing de conteúdo.

Nova call to action

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts