Cauda Longa: o que é e qual a sua importância em SEO

A cauda longa (ou long tail) é um dos fundamentos mais importantes para o SEO


Table of Contents


Ilustração: duas chaves se aproximam de uma fechadura dentro de uma página da web, representando as palavras-chave de cauda longa.A cauda longa é um conceito relacionado às palavras-chave em SEO que traz a oportunidade de gerar tráfego para blogs corporativos e páginas da web. 

A primeira página do Google é um local concorrido, onde muitas vezes é praticamente impossível conquistar uma boa classificação. 

Então, como sites no início da jornada ou em mercados de alta competitividade podem se equivaler a páginas de alta autoridade com vários anos de performance nas SERPs?

É justamente aí que as keywords de long tail entram. 

Ao adequar-se a buscas mais específicas e termos de pesquisa mais longos, é possível agradar aos buscadores e atrair tráfego orgânico “comendo pelas beiradas”. 

Se você quer saber mais sobre o conceito de cauda longa, sua importância para a otimização e aprender a identificá-las, chegou ao lugar certo. 

No texto a seguir, veja informações essenciais para aproveitar-se das brechas do universo online e fortalecer a sua presença digital

especialista-seo

O que é cauda longa?

Uma mão saindo de dentro de um computador. A mão realiza um sinal com o indicador, simbolizando a atração. Cauda longa é um conceito aplicado ao SEO (Search Engine Optimization) que consiste na identificação de palavras-chave de baixo volume e baixa concorrência, mas com alto potencial de ranqueamento e conversão. Por meio delas é possível atrair visitantes para um site, mesmo sem uma alta autoridade de domínio. 

Qual é a importância das keywords de long tail para o SEO?

As keywords de cauda longa são importantes devida a três fatores principais: 

  • Competitividade: mais fáceis de ranquear
  • Direcionamento: responde a dúvidas mais específicas, permitindo a segmentação de público
  • Quantidade: há um grande volume de buscas que se renova todos os dias.

O que são palavras-chave de cauda longa?

Palavras-chave de cauda longa (long tail keywords) são aquelas que recebem um menor número de buscas mensais, mas, por suas especificidades, têm um grande potencial de atrair pessoas qualificadas para a compra. Ou seja, são extremamente úteis quando o assunto é vendas. 

O nome “cauda longa” é uma alusão ao seu posicionamento em um gráfico de demanda, que estabelece uma relação entre o volume de buscas e as palavras-chave. A imagem mostra um gráfico que relaciona o volume de buscas e o número de keywords. Para facilitar o entendimento, os profissionais de SEO comparam essa curva a um animal (frequentemente um dinossauro). O gráfico mostra um dinossauro, onde a cabeça é apontada como head tail, o corpo como mid tail e a cauda como long tail. Como você pode observar, as palavras-chave com alto volume de buscas, mas genéricas, são denominadas “head tail” e se posicionam analogamente próximas à cabeça do dinossauro. 

São termos de buscas altamente requisitados, para os quais há grande concorrência. 

Posicionadas no centro do gráfico, estão as palavras-chave de “mid tail”, no corpo do dinossauro. 

Elas possuem um volume de procura relativamente alto, assim como competição pelo ranqueamento. 

Por fim, temos as palavras-chave de “long tail”, localizadas na cauda do dinossauro, que são mais específicas e possuem um menor volume de buscas, mas também trazem mais oportunidades de classificação orgânica no topo dos mecanismos. 

A boa notícia é que há um número limitado de termos de pesquisa de head tail e mid tail, mas há um vasto oceano azul de possibilidades para as palavras-chave de long tail. 

Para se ter uma ideia, 95% das buscas realizadas no Google têm menos de 10 procuras por mês (Ahrefs, 2021).

Vamos recorrer a um exemplo para tornar a explicação mais didática. 

Suponhamos que Jonas, que é estrategista em uma agência de marketing especializada em pequenos negócios, deseje encontrar oportunidades para aparecer no topo do Google. 

Assim, ele recorre a uma ferramenta de palavras-chave (como SEMrush, Moz ou Ahrefs) e realiza uma pesquisa para o termo marketing digital. Como resposta, obtém dados que identificam volume/dificuldade de ranqueamento: 

  • Marketing Digital (368000/70)

Os números após o termo mostram que há um volume de 368000 buscas mensais para o termo, o que é ótimo. 

Levando em conta que 25% dos usuários clicam no primeiro resultado (Search Engine Journal, 2020), ele atrairia para o blog cerca de 92000 visitantes mensalmente, que poderiam ser convertidos em leads e clientes. 

Contudo, os dados também mostram que há uma grande dificuldade para tal, já que aponta o valor de 70 (em uma escala de 1 a 100). 

Isso significa que há grande concorrência e seria necessário um intensivo trabalho de aquisição de backlinks para alcançar a primeira posição. Isso a classifica como uma keyword de head tail. 

Ao prosseguir com a pesquisa, Jonas chega ao seguinte termo: 

  • Curso de marketing digital (33100/39)

Perceba que esse termo tem um volume menor, mas também apresenta uma menor dificuldade de ranqueamento.

Contudo, essa palavra-chave pode não representar uma boa oportunidade, já que ele trabalha em uma agência de operações e não vende cursos de marketing digital. Essa é uma keyword de mid tail. 

Dando continuidade à pesquisa, Jonas finalmente descobre termos que podem ser úteis: 

  • Marketing Digital para MEI (260/23)
  • Marketing Digital para pequenas empresas (480/29)
  • Marketing Digital para pmes (30/7)

Observe que, mesmo com um volume baixo de buscas mensais, esse é exatamente o tipo de busca que um potencial cliente da agência de Jonas buscaria. 

Lembrando que MEI é a sigla para “Microempreendedor Individual” e PMEs para “pequenas e médias empresas”.  

Assim, é interessante que ele crie pautas tendo como base essas keywords, já que os usuários que apresentam essa intenção de busca provavelmente estarão interessados no serviço prestado. 

E, por serem keywords específicas, são classificadas como palavras-chave de cauda longa. 

Os títulos dessas pautas poderiam ser, respectivamente: 

  • Saiba como utilizar o marketing digital para MEI
  • Marketing Digital para pequenas empresas: o guia completo
  • Saiba como aplicar o marketing digital para PMEs.

Ao posicionar tais páginas nos rankings de pesquisa, ele não atrai uma grande quantidade de pessoas, mas segmenta um público qualificado que está próximo ao momento da compra na jornada do cliente

A cauda longa oferece aos profissionais de marketing de conteúdo e SEO um grande leque de opções para trabalhar e aparecer no Google.

Ao aplicar esse conceito, as ações de marketing digital obtêm melhores resultados com menor esforço. 

Se você quer receber mais informações acerca desse universo diretamente na sua caixa de entrada, inscreva-se na nossa newsletter. 

Nova call to action

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts