Gray Hat SEO: o que é e exemplos

Entenda também os conceitos de White Hat e Black Hat


Table of Contents


Ilustração: mulher com uma lupa, representando o gray hat seo.

Quando o assunto é SEO, é possível se deparar com termos como Black Hat, White Hat e Gray Hat

Todos têm relação com as práticas (boas e ruins) que visam melhorar o posicionamento de sites nas páginas de resultados de busca, como a SERP, do Google.

Porém, algumas dessas técnicas podem causar penalizações para os sites que as utilizam, já que vão contra as diretrizes estabelecidas pelos buscadores.

Dessa maneira, é essencial entender as diferenças entre Gray Hat, Black Hat e White Hat para não usar ações que trarão prejuízos para o ranqueamento de uma página.

O que é White Hat e Black Hat SEO?

Uma mão segurando um chapéu preto sai de um computador.

White Hat

O White Hat diz respeito às boas práticas de SEO, ou seja, aquelas que são aceitas pelos mecanismos de busca para potencializar o posicionamento de páginas nos buscadores.

As ações de White Hat não geram penalizações e levam em conta os fatores de ranqueamento do Google e de outros mecanismos. Ou seja, estão de acordo com as diretrizes deles.

Estima-se que existem mais de 200 fatores que influenciam o posicionamento de um site no Google, um dos principais buscadores no mundo.

Com o White Hat, os sites usam táticas que obedecem a esses fatores dentro das regras estabelecidas pelos motores de busca, sem práticas que prejudicam sites concorrentes ou que não priorizem as intenções de busca dos usuários.

Black Hat

O Black Hat SEO, também conhecido como SEO negativo, envolve técnicas de otimização que visam atrapalhar o ranqueamento de sites.

O objetivo do Black Hat é prejudicar o posicionamento de páginas nos mecanismos de busca para que elas não apareçam em boas posições nos resultados de pesquisa.

Essas táticas podem envolver:

  • Keyword stuffing, que é o excesso de densidade da palavra-chave;
  • Conteúdo duplicado;
  • Spam;
  • Compra e venda de links;
  • Doorway pages, que são páginas que redirecionam automaticamente para outro conteúdo que não tem relação com a busca do usuário.

O Black Hat vai contra as diretrizes dos buscadores e, por isso, é uma prática não recomendada na criação de páginas otimizadas.

especialista-seo

O que é Gray Hat SEO?

Um chapéu preto encostado em um monitor.

O Gray Hat SEO é um conjunto de práticas de otimização de sites para mecanismos de busca que mesclam técnicas de Black Hat e White Hat.

Essa mistura visa usar o “meio termo” entre as boas práticas e aquelas que são passíveis de punição por violar as diretrizes dos buscadores.

A intenção é escapar dos problemas que o Black Hat pode trazer ou tornar mais brandas as punições que o Google e outros mecanismos de busca podem aplicar.

O Gray Hat pode ser considerado um meio termo entre Black Hat e White Hat, com ações adotadas de maneira temporária, antes dos mecanismos de buscas entenderem as práticas como Black Hat.

Entre exemplos dessa tática estão:

  • Presença de keyword stuffing em algumas páginas;
  • Colocar palavras-chave em excesso também em atributos alt e title;
  • Adquirir domínios que não são ativos, com o objetivo de criar backlinks;

O Gray Hat, portanto, envolve ações de Black Hat que duram por pouco tempo ou que são aplicadas em algumas páginas, na tentativa de ranquear sites rapidamente e escapar das penalizações dos motores de busca.

Por que compreender o Gray Hat SEO é importante?

Entender as definições de Black Hat, White Hat e Grey Hat é fundamental para marcas que desejam melhorar a posição de seus sites em buscadores sem sofrer punições.

Em algumas situações, é possível incorrer em práticas ruins de SEO de forma involuntária.

Em outras, o comportamento pode ser intencional e ferir as diretrizes de empresas como o Google.

As punições podem atrapalhar a autoridade de um site, prejudicar a indexação dele nos mecanismos de busca e impedir o crescimento de tráfego orgânico, por exemplo.

Entender quais são as más práticas quando o assunto é otimização para buscadores é fundamental para evitá-las e, assim, não desrespeitar as regras do Google e de outras empresas. Logo, não vale a pena usar ações de Black Hat ou Grey Hat e correr o risco de ser punido, o que atrapalhará ainda mais o ranqueamento e indexação de um site.

Afinal, existem outras maneiras de otimizar sites, que respeitam as diretrizes dos buscadores e trazem retorno positivo em médio e longo prazo.

Se a sua marca quer uma boa estratégia de SEO, entre em contato conosco e melhore o tráfego de sites e páginas de forma efetiva.

Nova call to action

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts