Agência de Conteúdo: o que ela pode fazer pelo seu negócio?

Uma agência de conteúdo é responsável pelos processos que envolvem o marketing de conteúdo multicanal


Table of Contents


Ilustração: um homem navega pela internet em um notebook.Uma agência de conteúdo auxilia na produção, planejamento e estratégia de conteúdo para empresas. 

Seja para gerar tráfego, adquirir leads, engajar a persona, educar o mercado ou reter clientes, esse modelo de negócios é uma mão na roda para quem não possui recursos necessários para criar uma máquina funcional. 

A verdade é que as etapas que compõem ações do marketing de conteúdo não são simples. 

É preciso planejar, produzir, monitorar e analisar cada uma das peças, além de elaborar um plano multicanal que alinhe todas as atividades. 

Por isso, muitas organizações recorrem às agências, sejam elas especializadas ou full service. 

Por meio de parcerias, é possível desafogar equipes internas e contar com a expertise de equipes terceirizadas

Se você quer saber mais sobre o funcionamento de uma agência de conteúdo e o que ela pode fazer pelo seu negócio, continue a leitura. 

No texto a seguir, descubra o que é, quais são suas vantagens e se esse é o serviço que você procura para a sua empresa. 

O que é uma agência de conteúdo?

Uma agência de conteúdo é um modelo de negócio que oferece serviços relacionados ao marketing de conteúdo, como planejamento, criação, divulgação e análise de resultados. Ou seja, participa ativamente da estratégia de conteúdo da empresa contratante. 

Assim como em qualquer segmento de mercado, existem agências que oferecem serviços específicos ou mix de serviços. 

Boa parte delas, inclusive, atua exclusivamente com a produção de conteúdo e não lida com questões estratégicas ou composição de relatórios, por exemplo. 

Alguns dos principais formatos de conteúdo oferecidos são: 

  • Blog posts
  • Social posts
  • Newsletter
  • Fluxos de nutrição
  • Ebooks
  • Infográficos
  • Vídeos
  • Apresentações de slides.

Entretanto, como o mercado é dinâmico, há outras possibilidades, como a criação de anúncios, landing pages e podcasts. 

Além disso, existem agências de conteúdo especializadas na produção de formatos específicos, como produtoras de vídeos, editoras de podcasts ou consultoras de SEO.

Também podem se distinguir na criação para cada etapa do funil de vendas: topo, meio ou fundo. 

Quais são as vantagens de uma agência de marketing de conteúdo?

Agência de Conteúdo (1)

A contratação de uma agência de conteúdo auxilia em uma série de ações de marketing. 

Algumas delas são:

  • Aumento de tráfego
  • Otimização para mecanismos de buscas
  • Recolhimento de leads
  • Qualificação de leads
  • Reconhecimento da marca
  • Consultoria de marketing
  • Retenção de clientes
  • Estruturação de funil.

O que, claro, resulta no desenvolvimento de métricas como Retorno Sobre o Investimento, Custo de Aquisição de Clientes e Lifetime Value. 

Os serviços, inclusive, podem gerar economia para o contratante, que potencializa os resultados do negócio ao estabelecer avanços nos lucros. 

Quais são os canais de atuação de uma agência de conteúdo?

Uma agência de conteúdo pode atuar em setores específicos ou em múltiplos canais. 

Devido a isso, é muito importante avaliar os serviços oferecidos pela empresa contratada, assim como sua expertise em diferentes áreas. 

Alguns dos principais canais oferecidos são: 

  • Site
  • Blog
  • Busca orgânica
  • Redes sociais
  • Email Marketing
  • Anúncios.

Para que funcionem em conjunto e cumpram seus objetivos, é utilizada uma vasta gama de ferramentas, processos e recursos.  

Como funciona uma agência de produção de conteúdo?

Agência de Conteúdo (2)

Agências de conteúdo podem apresentar diferentes estruturas. 

No entanto, é possível identificar padrões e formatos semelhantes. 

Antes de mais nada, é preciso entender que a lógica dos profissionais não atribui uma única tarefa. 

Um único blog post, por exemplo, pode contar com o serviço de um estrategista, um redator, um designer e um analista de métricas.   

Com isso em mente, a seguir saiba quais são alguns dos profissionais comumente presentes nesse modelo de negócio.

Estrategistas de conteúdo

Os estrategistas de uma agência podem receber diferentes nomenclaturas. 

Eles são responsáveis por pensar em planos de marketing estratégico, tático e operacional. 

Ou seja, trabalham em diferentes níveis de execução da estratégia.

Assim sendo, um estrategista atua no planejamento de ações a longo, médio e curto prazo. Por exemplo: 

  • Descrição de persona e tom de voz
  • Análise de mercado
  • Delegação de tarefas
  • Definição de metas, KPIs, objetivos e prazos
  • Estabelecimento de processos
  • Organização de operações
  • Confecção de diagnóstico
  • Escolha de canais
  • Integração de canais
  • Escolha de ferramentas
  • Escolha de formatos e tipos de conteúdo
  • Avaliação de performance do site
  • Avaliação de performance da estratégia
  • Identificação de palavras-chave relevantes
  • Elaboração de calendário editorial
  • Análise de concorrentes
  • Recolhimento de dados
  • Pesquisa de mercado
  • Auditoria de páginas e links
  • Confecção de relatórios
  • Criação de pautas.

Como podemos perceber, estrategistas são responsáveis pela elaboração e monitoramento do plano de ações e baseiam-se em experiências prévias e dados de mercado para tomar decisões certeiras.

Como o planejamento envolve diferentes áreas, existem estrategistas voltados a segmentos específicos, como SEO, growth hacking e conteúdo.

Redatores de conteúdo

Os redatores são responsáveis por produzir o conteúdo textual para as peças envolvidas nas campanhas.

Ou seja, têm como função a escrita, seja ela o produto final que será divulgado (como blog posts e ebooks) ou as diretrizes para outros formatos (como roteiros para vídeos e infográficos). 

Por seu caráter dinâmico, redatores atuam em diferentes frentes de marketing, como blogs, landing pages, materiais ricos, redes sociais e até mesmo anúncios. 

Eles podem se concentrar em atividades específicas ou operar em múltiplos canais, muitas vezes recebendo nomenclaturas especiais como UX writer, social media, roteirista, redator SEO, copywriter, redator de email marketing e storyteller.

Revisores de conteúdo

Os revisores de conteúdo entram em cena imediatamente após a conclusão da tarefa dos redatores. 

Isso quer dizer que, como o nome sugere, revisam o conteúdo e garantem que se encaixa nos padrões exigidos pelo cliente. 

São responsáveis por reparar erros ou sugerir modificações em questões como: 

  • Ortografia
  • Coesão e coerência
  • Clareza
  • Adequação à persona
  • Adequação ao direcionamento
  • Conferência de links
  • Escaneabilidade
  • Formatação
  • Repetição de palavras
  • Densidade da palavra-chave
  • Reformulação de frases. 

Os revisores são a última barreira entre o texto e o cliente. 

Ou, no caso de formatos de conteúdo que exigem edição de imagem, vídeo ou diagramação, entre o texto e o responsável pela próxima tarefa.

Designers

Os designers são responsáveis pelos elementos gráficos que acompanham o conteúdo ou são peças em formatos visuais. 

Eles têm um papel fundamental na execução da estratégia e trabalham para que a experiência do usuário seja agradável, facilitando a leitura dos textos, compondo peças individuais ou enriquecendo a identidade visual da marca. 

Designers participam ativamente na criação de conteúdo com: 

  • Imagens para blog posts
  • Imagens para redes sociais
  • Infográficos
  • Diagramação e imagens para ebooks
  • Ilustrações
  • Apresentações
  • Mockups
  • Imagens para anúncios
  • Thumbnails
  • Layout de websites. 

Apesar disso, a função desse profissional poder ir muito além disso, estendendo-se para outras vertentes do marketing. 

Videomakers

Os videomakers são editores de conteúdo audiovisual responsáveis pela criação e edição no formato de vídeo. 

Também atuam como suporte para outros canais, como blogs, redes sociais e anúncios. 

Social Medias

Os social medias (também chamados de analistas de mídias sociais) são responsáveis pela criação de conteúdo, monitoramento e análise de resultado de estratégias de marketing nas redes sociais. 

Ou seja, acumulam funções relacionadas ao engajamento, branding e conteúdo. 

Em alguns casos, atuam também com suporte e relacionamento. 

As mídias sociais são os locais em que a empresa e seus clientes se encontram. 

Por essa razão, também são incumbidos da missão de gerar tráfego para páginas internas, como blog posts, site ou landing pages. 

Link Builders

Os links builders têm a tarefa de conquistar links de entrada para as páginas internas de uma empresa. 

Isso significa que são os principais responsáveis por fazer com que usuários cheguem ao site por meio de canais externos e estabelecer relacionamentos. 

Eles identificam oportunidades, realizam contato perene com blogs alheios, veículos midiáticos e, muitas vezes, a equipe interna. 

Os links de entrada e as referências são muito importantes para o SEO. 

Por isso, além de sua funcionalidade ligada à reputação da marca, também é um fator técnico.  

Gestores de Tráfego

Os gestores de tráfego são responsáveis pelo gerenciamento de anúncios. 

A mídia paga muitas vezes é colocada em oposição ao tráfego orgânico. 

No entanto, ambas as ações funcionam muito bem em conjunto, o que traz a presença desses profissionais para as agências de conteúdo. 

Os gestores de tráfego não apenas compõem anúncios, mas monitoram sua performance e avaliam as melhores condições para a otimização das campanhas, como escolha de palavras-chave, lances no leilão e custo por clique. 

Profissionais de Sucesso do Cliente

Os profissionais de sucesso do cliente são aqueles que lidam diretamente com o cliente. 

Ou seja, mantém uma comunicação constante ou em algum momento entre os processos para garantir que o contratante esteja satisfeito com a prestação do serviço.

Isso inclui profissionais das áreas de: 

  • Vendas
  • Atendimento
  • Estratégia
  • Suporte
  • Análise.

Ou seja, todos aqueles que exercem uma função direta e recorrente de contato. 

Apesar disso, existem empresas que criam segmentos exclusivos para lidar com o sucesso do cliente. 

Eles tratam com os demais profissionais, recolhem e repassam informações entre os lados para manter um único ponto de contato e são capazes de enxergar a execução da estratégia como um todo.  

Podemos dizer, assim, que sua principal função é fazer com que a parceria seja duradoura.

Não há dúvidas de que uma agência de conteúdo tem muito a oferecer para o ambiente de negócios. 

No entanto, é possível que a solução para os seus problemas seja uma agência completa, que lide com todos os canais de publicação e divulgação de maneira centralizada. 

Se você quiser saber mais sobre o modelo de agência que enxerga o inbound marketing como um atividade 360, leia o texto sobre o que é uma agência de marketing digital full service. 

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts