Inbound Marketing para Escolas: saiba como funciona

Se bem trabalhadas, etapas dessa estratégia podem ajudar na matrícula de novos alunos e na retenção de quem já faz parte da instituição de ensino


Table of Contents


Ilustração: duas mãos seguram um smartphone e mexem na tela. Por detrás, professores dão aula, representando o inbound marketing para escolas. O primeiro objetivo de qualquer instituição de ensino é atrair novos alunos. Isso se torna ainda mais necessário diante da crise econômica atual. 

Um relatório realizado pelo Grupo Rabbit, consultoria de gestão escolar, mostrou que no início de 2021 a procura por colégios particulares teve um aumento de 88%, após cerca de 2,7 milhões de estudantes terem deixado as escolas privadas a partir de março de 2020, com a pandemia.

Embora essa seja uma boa notícia, as instituições ainda estão buscando atingir novamente os números que possuíam no cenário pré-pandêmico. Para isso, com a grande concorrência existente, é preciso se destacar.

Uma forma eficiente de alcançar esse objetivo é investir no Inbound Marketing. Neste artigo, vamos mostrar como funciona essa estratégia e quais as melhores maneiras de aplicá-la na sua escola.

Como funciona o inbound marketing para escolas?

O Inbound Marketing, também conhecido como marketing de atração, é um conjunto de estratégias focadas em atrair, converter e encantar clientes.

A ideia é fazer com que os estudantes/pais cheguem à sua escola atraídos pela sua mensagem. Trata-se da produção e distribuição de conteúdos voltados para um público específico e com poder de criar um relacionamento duradouro – ou seja, uma forma de conquistar e reter estudantes em sua instituição de ensino.

O Inbound Marketing é uma metodologia que custa menos que o modelo tradicional de marketing pelo fato de usar canais como blogs, redes sociais e email para atingir seu público-alvo. Além disso, os resultados podem ser facilmente mensurados.

Como aplicar a estratégia do Inbound Marketing para escolas?

Uma mão segura um ímã que atrai uma aluna.Existem alguns processos que, trabalhados em conjunto, fazem parte da estratégia do Inbound Marketing. São eles:

Marketing de Conteúdo

Trata-se da produção de conteúdos de qualidade, de interesse de seu público-alvo, sendo uma importante ferramenta em todas as etapas do funil de captação de alunos. 

Pode ser em forma de textos em um blog, vídeos, ebooks (conteúdo rico), posts em redes sociais. O importante é atrair, envolver e gerar valor para seu público-alvo, trazendo soluções para as demandas dele.

SEO

Essa é outra importante ferramenta para aumentar as visitas no site e no blog da instituição e, com isso, atrair um novo público, que pode, posteriormente, se matricular. 

O Search Engine Optimization é um conjunto de técnicas para levar essas páginas a um bom posicionamento nos mecanismos de busca, como o Google, o que aumenta a sua visibilidade. 

O SEO é usado em conjunto com o marketing de conteúdo, baseado em palavras-chave e intenção de busca dos usuários dos sites de pesquisa.

Newsletter

A newsletter é um periódico que pode conter diferentes tipos de conteúdos relacionados ao universo do seu público, como notícias, comunicados de eventos, novidades do ambiente escolar, sugestões de livros e séries, entre outras possibilidades. É um bom recurso não apenas para atrair alunos em potencial, como também para fidelizar os já matriculados, criando um relacionamento mais próximo.

Redes Sociais

Principalmente quando se fala de um público mais jovem, a presença online é determinante para atraí-lo e despertar nele o desejo de fazer parte daquela comunidade. 

Portanto, é preciso pensar estrategicamente na divulgação de materiais especialmente produzidos para essas mídias. Por meio de recursos oferecidos pelo Instagram, por exemplo, é possível promover suas publicações e segmentar o público que irá recebê-las, a partir de critérios como faixa etária e localização.

As 4 etapas do Inbound Marketing Educacional

Uma mão respondendo um questionário.Para que seja mais eficiente no objetivo de captar alunos, é preciso pensar no Inbound marketing para escolas em quatro etapas. São elas:

Atração

É necessário fazer com que o seu público-alvo chegue até os seus canais. Nesta etapa é importante entender a dor da sua persona (personagem fictício que representa o seu público) e direcionar a produção de conteúdos de qualidade para que você seja encontrado.

Por exemplo: vamos supor que você tenha uma escola infantil. Uma ideia seria produzir um artigo para o blog da instituição sobre dicas para lidar com crianças agitadas, utilizando palavras-chave que contemplem as intenções de busca sobre o assunto. Assim, pessoas que vão até um buscador, como o Google, procurar maneiras de minimizar ou resolver esse problema, podem encontrar o seu texto e, consequentemente, sua escola.

Conversão

Esse ponto é bem importante. O lead já demonstrou interesse no material produzido pela sua escola e é importante “alimentá-lo” com mais. Vale investir em novos artigos, além de diferentes formatos, como vídeos, lives, ebooks, infográficos e outros recursos que reforcem a autoridade da sua instituição também como produtora de conteúdo de qualidade.

Uma vez que você atraiu o seu público na etapa anterior com o post no blog, agora pode convidá-lo a assinar sua newsletter, por exemplo, e, assim, estabelecer uma relação mais próxima.

Fechamento do negócio

Quando o aluno em potencial ou pai está consumindo e engajando as suas ações de Inbound Marketing, são grandes as chances de sua escola aparecer no topo das possíveis escolhas. 

Nessa etapa, vale, por exemplo, disponibilizar promoções exclusivas para quem já tem esse relacionamento com seu conteúdo e oferecer um atendimento mais personalizado. Vale usar o próprio email para isso, enviando uma proposta mais direta, com as vantagens de fazer a matrícula na sua instituição.

Retenção

Por fim, mas não menos importante, é preciso conquistar constantemente o seu público. Mostrar para alunos já matriculados e seus pais que o relacionamento próximo continua sendo uma prioridade para a instituição e que suas necessidades são ouvidas. Assim, são maiores as chances deles permanecerem no início no próximo ano escolar

A escola pode, por exemplo, enviar materiais úteis para o dia a dia educacional, dicas de leituras, comunicados sobre eventos e outras novidades do calendário da escola. Vale, ainda, incentivar o engajamento e participação dos próprios alunos nas redes sociais da escola, compartilhando suas rotinas no ambiente escolar. 

São muitos os critérios e estratégias que o Inbound Marketing educacional exige para ser, de fato, eficiente. Por isso, é importante contar com uma equipe de especialistas no assunto. Se é isso que você busca, entre em contato conosco. Será um prazer avaliar as suas necessidades e elaborar uma estratégia personalizada para a sua escola.

Nova call to action

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts