Black Hat SEO: conheça o vilão que pode levar seu site à ruína

Principal buscador, Google consegue identificar práticas ruins e gerar punições

Table of Contents

Ilustração: um homem apontando para uma página na web

Você sabe o que Darth Vader (“Stars Wars”), Malévola e Frank (“Era Uma Vez no Oeste”), três clássicos vilões do cinema, têm em comum?

Se fizer uma busca rápida no Google Imagens vai reparar instantaneamente que todos eles têm como principal marca visual a cor preta. E isso não é um acaso. Seja em um filme de aventura, animação ou faroeste, essa é a cor que caracteriza “o lado sombrio da força”. 

Se você está se perguntando o que isso tem a ver com o marketing, já adiantamos que tem muito a ver!

O SEO é composto por diretrizes que, quando seguidas à risca, o Google valoriza e premia com os melhores ranqueamentos. Mas quando as práticas vão na contramão da proposta, de forma mal intencionada, elas são chamadas de Black Hat (chapéu preto, na tradução literal).

O que é Black Hat SEO?

Quando há um comportamento com o objetivo de enganar o algoritmo para conquistar uma boa posição nos resultados da busca, o Google entende que você “vestiu a roupa de vilão”, ou, usou Black Hat SEO. 

Por isso a citação no início deste artigo aos vilões de Hollywood. O chapéu preto – a ssim como o capacete preto de Vader – é o acessório típico dos antagonistas de filmes – principalmente os de faroeste – e foi em referência a eles que esse termo foi criado no marketing. 

São várias as ações que definem essa prática ruim e vamos listá-las ao longo do texto. No entanto, tem uma pergunta fundamental que temos que responder logo de cara:

Por que devemos evitar o Black Hat SEO?

Uma mulher com fazendo um sinal de stop para o computador

Os vilões são sempre ligados a atitudes de caráter duvidoso, que visam enganar e prejudicar alguém. E assim também é o Black Hat. Além de serem consideradas eticamente questionáveis, essas práticas podem gerar punições do Google, que prejudicam seriamente o seu site. 

Veja bem: de imediato, essas estratégias podem até gerar o resultado esperado e conseguir boas posições rapidamente. No entanto, o Google conta com mecanismos que identificam quando alguém está tentando enganá-lo. E isso quase nunca acaba bem.

Mas os motivos para não usar o Black Hat vão além: o foco de qualquer estratégia de marketing digital deve ser o usuário. 

É por meio de uma boa experiência e de conteúdos relevantes que ele deve ser conduzido ao longo da jornada de compra. E o Black Hat ignora tudo isso, sendo apenas algo que traz resultado a curto prazo.

Que penalizações o Black Hat SEO gera?

O Google estabelece graus de gravidade para as infrações cometidas. As punições podem implicar em:

  • Queda de 30 posições no ranking;
  • Queda de 50 posições;
  • Queda de 950 posições;
  • Banimento do Google.

Quais as diferenças entre o Black Hat, Gray Hat e White Hat SEO?

Agora que explicamos o que é o Black Hat, é preciso citar que existem ainda o White Hat e o Gray Hat. Vamos falar melhor sobre esses chapéus:

O que é White Hat SEO?

O White Hat (chapéu branco) é o “mocinho” do filme. Ele corresponde às ações de SEO que seguem as regras do Google. Por isso, o buscador considera que merecem as melhores posições.

Grey Hat SEO

Já o Grey Hat (chapéu cinza) pode ser considerado uma zona cinzenta. No caso do SEO, podemos dizer que essas práticas não são consideradas boas, mas não chegam a ser tão ruins, a ponto de levar uma punição do Google. Mas há uma linha muito tênue, que pode ser ultrapassada. 

Um exemplo é o envio de email marketing para usuários que não tenham solicitado ou permitido.

Quais são as técnicas de Black Hat SEO conhecidas?

um chapeu preto

Essas são as principais técnicas de black hat e que podem gerar punição para o seu site:

Cloaking

Camuflagem (em português) é quando a página que é exibida para o usuário é diferente da que é exibida para os bots do Google. O que isso quer dizer? Para os robôs, a página contém todas as técnicas possíveis, visando, unicamente, o ranqueamento. Já para o visitante aparece uma página diferente, de baixa qualidade e sem relevância.

Doorway page

Também chamada de gateway page, essa técnica consiste na criação de várias páginas focadas nos bots, em que cada uma é otimizada para uma palavra-chave e, assim, como no caso anterior, o usuário encontra algo sem qualquer relevância e que, muitas vezes, sequer tem relação com o termo buscado.

Private Blog Networks (PBN)

PBN é uma rede composta de vários blogs e sites que possuem alguma autoridade online (por serem domínios que já expiraram) e que geram links para o site que precisa subir no ranking do Google. Existem sites, inclusive, focados unicamente nisso.

Link Farm

Na chamada “fazenda de links”, vários sites geram links entre si, com o objetivo de manipular a melhora de seu ranqueamento Esses endereços possuem conteúdos próximos, sem qualquer relevância.

Links pagos

É a técnica de Black Hat em que se paga ou oferece outro tipo de recompensa para um site gerar um link para o seu. É mais difícil de ser identificada pelo Google, mas isso é possível quando os robôs analisam a relevância entre os sites. Isso pode ser identificado, também, quando um endereço começa a receber links de uma hora para a outra.

Blog Spam

Isso acontece quando são publicados comentários em blogs ou fóruns apenas para incluir links e melhorar o ranqueamento de uma página.

SEO negativo

Essa é uma das piores técnicas de Black Hat. Isso porque ela visa prejudicar os concorrentes com técnicas de SEO negativo, ou seja, publicar comentários e avaliações negativas no site e no Google Meu Negócio dos concorrentes.

O que fazer em caso de punição do Google?

um computador antigo

Caso tenha sofrido alguma punição, é indicado que, em primeiro lugar, confira as Diretrizes para Webmasters do Google;

O segundo passo é revisar todo o site e corrigir os erros nos conteúdos e links, eliminando todos os Black Hat. Se necessário, faça, ainda, a otimização do conteúdo. 

Lembre-se sempre: o foco deve ser o usuário. Por isso, procure responder às perguntas que ele busca, com qualidade.

Após fazer essas alterações, é preciso entrar com um pedido de reconsideração no Google e aguardar a resposta. 

Se você deseja investir nas melhores práticas de marketing digital,  entre em contato conosco. Nossos especialistas podem ajudar sua marca a atrair um maior público para o seu site com as estratégias e ações mais eficientes relacionadas a conteúdo. 

checklist-seo

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts