Como atrair alunos para EAD na internet?

Produção de conteúdo relevante e outras ferramentas do marketing digital ajudam na captação de estudantes no EAD


Table of Contents


Ilustração: uma aluna estudando à distância

O ensino a distância (EAD) encontrou seu auge em 2020, impulsionado pela pandemia da Covid-19. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC), pela primeira vez essa modalidade teve mais inscritos do que os cursos presenciais de graduação.

Naquele momento, o EAD se apresentou como a única alternativa viável para dar continuidade aos estudos, mas agora, com o arrefecimento da crise sanitária, está em fase de se solidificar de vez como uma opção à educação presencial. 

Para isso conta, além da possibilidade de ser cursado de qualquer lugar, com valores mais atrativos.

É natural que, diante dessa demanda, surjam diversas opções de instituições oferecendo cursos nessa modalidade. E aí fica o desafio de saber como atrair alunos para o EAD na internet.

E é sobre isso que vamos falar neste artigo.

Estratégias para atrair alunos para EAD

Como já citado, a modalidade EAD já conta com uma grande vantagem em relação ao modo presencial: não existe a barreira física. Com isso, pode-se conquistar alunos das mais distantes localidades, ampliando o seu público em potencial.

No entanto, é preciso criar estratégias e ações para alcançar essas pessoas. E alguns pontos a serem trabalhados são:

Funil de captação de alunos

Uma mão segurando um livro sai de um funil.Antes mesmo de começar a trabalhar a divulgação dos seus cursos e serviços, é preciso identificar de que forma o aluno de EAD escolhe a sua instituição de ensino e como essa jornada acontece. Por isso, as etapas de funil são tão importantes. E, no caso da captação de alunos e da venda de cursos online, elas funcionam assim:

  • Topo do funil: é a fase em que a pessoa percebe que tem uma necessidade, no caso, fazer um curso, e identifica alguns problemas, como não haver uma universidade em sua cidade. E é aí que em uma pesquisa ela pode encontrar um conteúdo produzido pela sua instituição, sobre ensino a distância, lê-lo e se interessar mais sobre o assunto. Você passa a ser uma fonte de informação.
  • Meio de funil: nesta etapa, o aluno em potencial passa a considerar sua instituição como uma das opções para se matricular. Por isso, entra mais em contato com os serviços oferecidos, pesquisa sobre o corpo docente, ferramentas disponíveis, entre outros pontos;
  • Fundo de funil: por fim, chega o momento da decisão de compra. Após consumir todos os conteúdos que a instituição produziu para lhe apresentar os cursos e seus diferenciais, o lead, finalmente, opta por se matricular.

Cada uma dessas etapas exige estratégias específicas, que conversem com o momento em que o cliente se encontra. Em razão disso, é preciso pensar em uma variedade de conteúdos próprios para diferentes mídias, como ebooks, blog posts, email marketing, vídeos, postagens em redes sociais, podcasts, entre outras possibilidades.

Investimento no Marketing Digital

Duas mãos fazendo uma troca financeira.O marketing digital é uma estratégia de captação de clientes que deve ser usada por qualquer tipo de empresa. No entanto, quando falamos de um negócio que tem como principal plataforma a internet, isso é indispensável. 

O público que opta pelo EAD tende a ter uma maior familiaridade com o ambiente digital e, por isso, é natural que busque consumir marcas que tenham uma presença atuante nas redes sociais e outras mídias.

E é sobre isso o marketing digital: um conjunto de ações estrategicamente pensadas e direcionadas para os meios digitais, com o objetivo de atrair novos clientes e melhorar sua rede de relacionamentos.

Uma das estratégias que deve andar junto com o marketing digital é o marketing de conteúdo, que consiste na elaboração de materiais informativos, atrativos e que não pareçam uma simples publicidade, sobre temas que fazem parte do universo da educação ou da área de atuação de um determinado curso, por exemplo.

Esses textos devem ser publicados no blog ou no site da instituição, assim como em suas redes sociais. 

Segmentação do público

De nada adianta produzir conteúdo, investir na divulgação, mas não atingir quem deseja, certo? É aí que entra a segmentação.

O próprio marketing digital conta com ferramentas que ajudam a fazer com que sua mensagem chegue ao seu público-alvo. A construção de personas ajuda nesse processo, assim como ferramentas de automação de emails e muitas outras.

Ao promover postagens nas redes sociais também é possível estabelecer diferentes filtros para direcionar o conteúdo para o perfil que deseja, considerando, por exemplo: idade, gênero, localização, entre outros.

Período de teste

Uma mão próxima a um notebook.

Diante de tantas ofertas de cursos online, é natural que haja uma desconfiança por parte do público na hora de se matricular.

Para atrair alunos e mostrar a qualidade do serviço oferecido, uma boa alternativa é oferecer um período de teste grátis ou, ainda, uma série de conteúdos gratuitos. Isso pode ser feito, inclusive, para aqueles que assinarem a newsletter da instituição, por exemplo.

Assim, ele tem uma amostra do que irá aprender, conhece a plataforma e se sente mais seguro na aquisição. Ao mesmo tempo, sua escola agrega mais valor e cria, desde o primeiro momento, uma relação de confiança com o aluno.

Marketing humanizado

Duas mãos se juntam para formar um coração. Ao fundo, um megafone.

Em um tipo de serviço em que tudo é feito de forma online, é preciso que a comunicação seja a mais próxima possível do seu público. Isso torna o marketing humanizado como essencial quando se fala de EAD.

Esse conceito tem como objetivo criar uma ligação com o consumidor baseada em três pilares: empatia, emoção e ética. A ideia principal é fazer com que o seu público sinta-se parte especial da instituição. É preciso que a marca entenda as necessidades e as principais demandas.

O marketing humanizado pode estar presente em artigos que provoquem emoções, que inspirem seus alunos, assim como nas postagens e na interação nas redes sociais. Aliás, esse é um ponto essencial: responder, em todos os canais, comentários, críticas, dúvidas e sugestões de forma personalizada.

Ao criar um vínculo com o público, a instituição não apenas atrai novos alunos, como aumenta as chances de reter os que já fazem parte dela.

Depoimentos

Imagem abstrata: um homem segura um notebook com uma das mãos. No lugar da sua cabeça há um balão de diálogo.

Um importante fator na tomada de decisão de qualquer consumidor é a avaliação de outras pessoas que adquiriram determinado produto ou serviço. E isso também vale para estudantes que pretendem comprar um curso.

Contar cases de sucesso de quem passou pela sua instituição e depoimentos de ex-alunos e atuais são formas de publicitar com poder de persuadir os interessados em se matricular.  

Neste artigo apresentamos algumas possibilidades para atrair novos alunos para o EAD, mas se você deseja criar uma estratégia personalizada para seu negócio, entre em contato conosco. Será um prazer avaliar as suas necessidades.

Nova call to action

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts