Como fazer uma pesquisa de mercado para o marketing?

Informação é o melhor insumo para o marketing digital


Table of Contents

ilustração: mulher olhando para uma lupa

Quanto mais subsídios uma empresa tiver para oferecer aos seus clientes (ou potenciais clientes) o que eles realmente querem e precisam, melhor. E informação é o principal insumo do marketing.

Se você tem informações que digam como é o mercado com o qual você está lidando, o que seus concorrentes oferecem que você pode aprimorar, ou por que seu produto não está performando como você esperava, elas vão servir de guia para correção de erros e tomada de decisão sobre os próximos passos.

E a melhor maneira de obter informações desse tipo é por meio das pesquisas de mercado – tema deste artigo.

O que é uma pesquisa de mercado?

Pesquisa de mercado é um raio-X que se faz do mercado em que está inserido seu negócio. Nas palavras do Sebrae: “é a coleta de informações junto ao consumidor, concorrente ou fornecedor para orientar a tomada de decisões ou solucionar problemas”.

A pesquisa de mercado pode ser mais ampla – o que requer um investimento mais alto, até para se garantir amostragem com valor estatístico – ou mais simples e restrita.

Seus objetivos também podem variar, mas, de modo geral, traz um estudo da concorrência direta do seu negócio, um perfil dos hábitos do seu consumidor, os potenciais e as perspectivas identificadas para o futuro e pode ajudar a identificar novas estratégias.

Ela pode ser feita pela própria empresa ou por outra especializada, pode ser contratada por um grande instituto, uma organização, uma associação de empresas que querem entender um escopo mais abrangente.

A Pesquisa ABMRA Hábitos do Produtor Rural é um exemplo de pesquisa de mercado bastante abrangente, que busca identificar hábitos de compra e consumo de produtos e serviços, intenção de compra para os próximos períodos, dentre vários outros pontos de interesse para quem atua no agronegócio e tem o produtor rural como cliente-alvo.

Esse é um tipo de pesquisa mais caro, que envolve entrevistas com grande número de pessoas, para garantir uma amostragem relevante.

Mas um questionário online que você envia para seus clientes após uma compra também é uma forma de pesquisa de mercado que pode cumprir um objetivo valioso e, nesse caso, com a vantagem de ser mais simples e gratuita.

Qual é a importância da pesquisa de mercado para o marketing?homem falando no megafone e vários ouvidos escutando a mensagem

Quanto mais competitivo se torna o mercado, mais difícil é pensar em estratégias de marketing que vão ser verdadeiramente eficazes.

A pesquisa de mercado auxilia nessa tomada de decisão, porque ela ajuda a conhecer mais a fundo o público-alvo da ação de marketing, as tendências no mercado, o comportamento da concorrência e ajuda a testar os resultados de ações já colocadas em prática.

Por tudo isso, o Sebrae orienta que as pesquisas de mercado sejam feitas sempre que uma empresa tiver que tomar uma decisão importante na área do marketing.

E exemplifica:

  • Expandir a área geográfica de atuação;
  • Entrar em novos segmentos de mercado ou canais de distribuição;
  • Lançar ou aperfeiçoar produtos e serviços;
  • Dimensionar a equipe de vendas;
  • Credenciar revendedores ou distribuidores;
  • Escolher um ponto comercial;
  • Definir qualidade e variedade dos produtos e serviços a ser comercializados;
  • Definir os meios de divulgação mais adequados;
  • Ajustar preços;
  • Posicionar produtos e marcas;
  • Iniciar um novo negócio (deve fazer parte do plano de negócios).

Como uma pesquisa de mercado auxilia na geração de leads?

Como já dissemos, uma pesquisa de mercado resulta em uma coisa valiosíssima: informação.

Depois que uma pesquisa de mercado é concluída, a empresa passa a conhecer mais de perto seu público-alvo, seu nicho de mercado, os hábitos do seu consumidor, seus concorrentes.

Com tudo isso em mãos, é possível trabalhar no setor de marketing e de vendas de forma mais assertiva, pensando no que o lead quer daquela marca.

Para começo de conversa, uma pesquisa de mercado pode ajudar a desenhar quem é a persona certa para aquele negócio – que será a base de tudo o que acabará proposto em termos de estratégias de marketing digital a partir dali.

Por meio da pesquisa, será possível conhecer o perfil do público daquela empresa, para chegar a padrões que vão descrever a buyer persona. Lembrando que uma persona é construída a partir de dados concretos, não é inventada do nada.

Por exemplo, se você faz uma pesquisa entre os internautas que chegam ao seu site e descobre que a maioria é formada por mulheres na faixa de 30 a 40 anos, os conteúdos do seu site, a partir desse ponto, poderão ser voltados para esse grupo específico.

Os dados fornecidos pelas pesquisas também ajudam a trazer insights sobre que tipo de conteúdo esse público quer ver e quais estratégias podem funcionar melhor para atingi-lo. Isso é importante para que no futuro haja a conversão de leads em clientes.

Vamos supor que, na pesquisa, você descobriu que boa parte dos internautas chegou ao seu site atrás de informações sobre SEO e que eles gostariam de se aprofundar mais no assunto. 

Isso pode orientar seu próximo passo: “e se eu fizer um ebook ou uma videoaula com várias informações relevantes sobre SEO?”

Você vai agradar ao público e facilitar o processo para que ele se torne um lead da sua empresa. E daí para se tornar cliente é uma etapa a menos.

Como fazer uma pesquisa de mercado na web?um binóculo saindo do nootbook representando uma pesquisa de mercado na web

Pela internet já é possível fazer questionários e enquetes que ajudam a dimensionar algumas das questões que podem ajudar seu negócio.

São inúmeras as plataformas para isso. Algumas pagas, como o SurveyMonkey, e outras gratuitas, como o Google Form.

Antes de utilizar essas plataformas é preciso:

  1. Definir qual é o seu objetivo com a pesquisa: é para saber se um cliente estaria disposto a pagar mais por um produto novo? É para conhecer o perfil do cliente para produzir conteúdos com mais assertividade para ele? É para perguntar sobre a satisfação com a entrega de um determinado serviço? Para testar o quanto eles conhecem sua marca? Enfim, é preciso saber o que, exatamente, você almeja ter com aquela pesquisa.
  2. Definir quem vai receber sua pesquisa: só os assinantes do seu produto? Todo mundo que acessa sua página? Todos que seguem suas redes sociais? Um grupo específico de pessoas que já informaram um email de contato? Todos os clientes que já efetuaram alguma compra no seu site?
  3. Definir quantas pessoas serão entrevistadas: este tópico tem relação direta com o anterior. É importante que a amostra tenha alguma relevância, ou poderá não responder, exatamente, o que você precisa saber.
  4. Definir o que será questionado: a partir daquele primeiro objetivo que foi determinado no início, você deve formular perguntas simples e claras, para tentar chegar às respostas de que precisa.

Depois, basta ir até a plataforma online escolhida, colocar as perguntas no formulário, com base nos quatro passos acima, e divulgar a pesquisa pelo canal e para o público escolhido.

Com certeza a análise dos dados, mesmo nas pesquisas mais simples, poderá trazer bons insights para seu negócio.

Quer alavancar sua audiência e aumentar as possibilidades de fechar negócios através do marketing de conteúdo? Então, entre em contato e marque uma conversa com nossos especialistas.

marketing-digital

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts