Saiba tudo que é necessário sobre Copywriting

Saiba mais sobre esse processo de produção de conteúdo persuasivo para ações de marketing e vendas


Table of Contents


Ilustração: um homem redigindo em um teclado, represetando o copywriting.

Um dos grandes desafios de quem trabalha com marketing é fazer com que o seu público realize uma ação desejada. Podemos dizer que trata-se de uma arte do convencimento. Para alcançar esse objetivo, existe um recurso usado na escrita persuasiva chamado copywriting. 

Não é exagero dizer que as pessoas em geral precisam, primeiramente, encantar-se antes de consumir algo. Afinal, somos levados pela emoção. Por isso, é necessário despertar o desejo, para então converter o público-alvo em lead ou cliente.

Antes de explicar mais profundamente o que você precisa saber sobre copywriting, é preciso ressaltar que, quando falamos sobre levar alguém a uma ação, não é relativo apenas a fazer uma compra. O objetivo pode ser fazer com que a pessoa baixe um material, assine uma newsletter, acesse um link, assista a um vídeo, entre outras possibilidades.

Afinal, o que é o copywriting?

Como adiantamos, é a habilidade de fazer com que o visitante da sua página seja atraído por meio da escrita e se encante com o seu conteúdo. Uma vez que isso é alcançado, ele poderá gerar o engajamento desejado. Para o copy ser eficiente, é preciso utilizar alguns gatilhos mentais. Falaremos mais sobre isso adiante.

Essa é uma missão tão importante no marketing, que há profissionais dedicados na produção desses textos: o copywriter.

Mais do que redigir, o copywriter precisa identificar as necessidades do público, estudar a persona (personagem fictício que representa o seu público) e a marca (seus produtos, serviços, diferenciais...) e, inclusive, entender o que pode afastar as pessoas.

Quanto mais específico e personalizado for o texto produzido por esse profissional, maiores as chances de cativar o leitor.

Gatilhos mentais para um copy de sucesso 

Imagem abstrata: a metade de baixo da cabeça de uma estátua. No lugar da metade superior há uma lâmpada.Os gatilhos mentais são estímulos que fazem com que o cérebro tome uma decisão. Por isso, são tão utilizados no marketing. Veja alguns exemplos:

Escassez

Mostrar que um produto ou serviço está disponível em quantidade limitada ou se esgotando faz com que seja ativado o senso de urgência, o que desperta a necessidade de tomar uma decisão o quanto antes.

Urgência

Possui uma lógica semelhante à escassez: desperta a necessidade de agir rapidamente para não perder determinada oportunidade. Um bom exemplo é a oferta de uma promoção por tempo limitado.

Autoridade

Ao tomar uma decisão, é natural que se considere a opinião de alguém que tenha conhecimento sobre o tema, ou seja, uma autoridade no assunto. Isso vale, por exemplo, quando você acessa um site referência em tecnologia para ler o review de um aparelho eletrônico que deseja adquirir, pois ainda não tem certeza se é um bom investimento.

Prova social

Quem nunca conferiu a seção de comentários de uma loja online, antes de comprar um produto? As avaliações positivas de outros consumidores são gatilhos que podem ser usados pelas marcas em suas estratégias de marketing. Por exemplo: institutos educacionais que oferecem cursos online podem deixar em destaque, no site, depoimentos de ex-alunos que gostaram de estudar lá.

Comunidade

Nós todos somos seres sociais. Por isso, sempre buscamos fazer parte de uma comunidade. Usar esse desejo de pertencimento é um forte gatilho. Exemplo: quando um podcast oferece para os seus apoiadores a possibilidade de fazerem parte de um grupo do Telegram para trocarem ideias.

Exclusividade

Tem relação com status e poder ao incentivar a pessoa a adquirir algo que poucos poderão possuir. É usado especialmente por marcas de luxo. Uma grife como a francesa Hermès costuma contar com lista de espera de um ano para alguns modelos de bolsas, como a Birkin e a Kelly, que chegam a custar algumas dezenas de milhares de dólares.

Clubes de assinatura de livros, que disponibilizam títulos que ainda não foram lançados no Brasil para seus assinantes, são exemplos dessa exclusividade.

Storytelling

Pessoas gostam de histórias. Por isso, o storytelling é um gatilho que desperta sentimentos como empatia e identificação. Conte histórias que gerem essa conexão, deixando um pouco o produto de lado e trazendo o foco para o posicionamento, os valores e a missão da sua marca.

Como usar o SEO Copywriting

Diversas páginas da web abertas em diferentes dispositivos.Essa estratégia tem como objetivo produzir conteúdos que fiquem bem posicionados nos motores de busca, como o Google, o que gera mais tráfego orgânico e engajamento para a sua página.

Para isso, alguns pontos precisam ser utilizados juntamente com o texto atrativo: 

Título

Esse é o primeiro contato do leitor com o texto. Por isso, o título precisa ser chamativo e dar um breve resumo do conteúdo que será abordado ali. O uso de listas é um recurso que gera interesse. Por exemplo: “10 ações que vão ajudar sua marca a crescer”. 

Palavra-chave

São as palavras, termos ou expressões mais buscadas em relação ao tema central do seu texto. As palavras-chave precisam responder às perguntas feitas pelos usuários e aparecer de forma natural no texto. 

Escaneabilidade

O leitor se sente mais atraído por textos que visualmente são mais agradáveis de ler. Por isso, é importante utilizar imagens, tabelas, infográficos, além de evitar parágrafos longos. Os bullets points são outros recursos que facilitam a leitura, assim como os intertítulos com heading tags.

CTA

O Call To Action, ou chamada para ação, estimula o leitor a fazer algo. Mas, para isso, ele precisa ser interessante e mostrar que vai entregar algo de valor em troca. Por exemplo: Você quer que a pessoa deixe o endereço de email dela para você. Um CTA eficiente seria: “Baixe esse ebook e aprenda técnicas eficientes para estudar e aprender mais”.

Agora que você já sabe a importância que o bom uso do copywriting faz para as ações de marketing, entre em contato conosco. Nossos especialistas podem te ajudar a atrair um maior público para a sua marca!

Nova call to action

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts