Como trabalhar em home office: um guia para empresas e profissionais

Como trabalhar home office?” Essa é uma pergunta que me fazem quando conto sobre a minha experiência


Table of Contents


 

Ilustração: duas pessoas fazem uma videochamada, representando o home office.



Trabalhar em home office é a mesma coisa que trabalhar, mas como o próprio nome diz: “de casa”. Ou traduzindo melhor para tempos atuais: trabalhar remotamente. 

Ter uma boa autogestão e organização na gestão de tarefas e projetos seriam os pontos de partida para quem quer entender como trabalhar em home office. 

Além disso, é preciso fazer parte de uma organização que compartilhe desses valores e abrace uma cultura organizacional moderna e aberta a novas perspectivas de trabalho, conforme veremos mais abaixo neste post. 

Empresas home office: elas existem!

Achar empresas home office é mais fácil hoje em dia do que 12 anos atrás, quando tive minha primeira experiência do tipo. Como consultor de um organismo internacional me deparei com a falta de um escritório depois de 6 anos no mercado. 

Precisei me adaptar para atuar neste novo modelo. Afinal, trabalhar remotamente, com distanciamento de gestores e equipe não é um desafio simples. Necessita disciplina, resiliência e persistência — sem contar a já mencionada organização.

Isso foi em 2011 e a tecnologia se desenvolveu, possibilitando ganhos no modelo de gestão remoto. Ou seja, o tempo tornou mais fácil essa forma de trabalho com a qual sempre me identifiquei, sem abdicar da qualidade das minhas entregas.

As principais mudanças que percebi em empresas home office nesse período:

  • Maior abertura e receptividade a esse modelo de trabalho;
  • Microgerenciamento percebido como uma prática de gestão antiquada;
  • Crescimento da internet encurtou a distância e a barreira para desenvolvimento de negócios;
  • Normalização de videochamadas com profissionais em diferentes localidades, incluindo para atividades e entregas;
  • Aumento da percepção sobre o ganho de tempo que o trabalho remoto traz; 
  • Oferta de ferramentas e soluções tecnológicas para gestão do trabalho online.

Como viajar e trabalhar ao mesmo tempo?

Ilustração abstrata: um homem sentado sobre um avião de papel gigante enquanto trabalha em um notebook.Trabalhar em home office permite, também, aliar trabalho com lazer, como viajar e trabalhar ao mesmo tempo, algo que pude experimentar ao longo dos anos. Muitos podem pensar que não é o ideal, mas às vezes é o possível!

Quantas vezes executei e gerenciei tarefas e entregas de cliente remotamente enquanto viajava… Argentina, França, Portugal, Estados Unidos e México foram alguns dos países que visitei por meio da liberdade que o trabalho remoto me permitiu.

Sem falar na possibilidade de viajar pelo Brasil, quando também pude aliar os dois enquanto estava em SP, MG, DF, GO, MS, RS, SC, AL, CE, entre outros desde então. Muitos em viagem de campo, quando as demandas não param de chegar e precisam ser despachadas, independentemente de deslocamentos ou compromissos em outras cidades. 

Trabalhar e viajar é possível, desde que haja o compromisso e planejamento prévio. A organização de ações, demandas, entregas e combinados com equipe (e, caso seja necessário, o cliente) permite um melhor aproveitamento de ambas as partes. 

Além disso, é preciso uma preparação para saber as condições do local onde você vai ficar para viajar e trabalhar ao mesmo tempo, principalmente no que diz respeito à velocidade da internet. 

No caso de uma viagem internacional, é preciso estar atento ao fuso horário, de forma que consiga se organizar bem para entregas e agendas de reuniões, sem abdicar dos passeios. 

Essas possibilidades advindas do trabalho em home office impactam diretamente na vida dos profissionais que se sentem confortáveis com isso. Afinal, não são todas as pessoas que se adaptam ou gostam desse modelo.  

Outras vantagens de trabalhar home office: 

  • Liberdade para organizar a agenda com base nas entregas e demandas;
  • Possibilidade de equilibrar a vida pessoal com a profissional; 
  • Planejamento e organização trazem ganho de produtividade e consequente melhor aproveitamento do tempo do trabalho, gerando jornadas mais proveitosas e não tão sacrificantes; 
  • Ampliação dos horizontes com intercâmbio de experiência com outros profissionais de localidades, regiões e países diferentes.

Trabalho híbrido: o meio-termo entre o remoto e o presencial

Ilustração abstrata: um homem entra por uma porta, que está posicionada na tela de um notebook gigante.O trabalho híbrido se tornou um caminho do meio para as empresas e trabalhadores. Mantém um pouco de liberdade quanto ao comparecimento ao local de trabalho todos os dias, enquanto oferece aos colaboradores o espaço para agendas e trocas presenciais. 

A mescla entre o presencial e o remoto, permitindo um calendário equilibrado para os dois lados, cresceu principalmente em um cenário pós-pandemia. O impacto do lockdown, que forçou a adoção do trabalho remoto por empresas em todos os mundos, foi gigante. Voltar ao estágio anterior não parece uma opção.

Mais do que um novo cenário de comportamento profissional no qual o local de trabalho passou a ser prioritariamente online, ele buscou ressignificar toda a jornada de trabalho e como ela pode ser otimizada para ganho de produtividade. Nesse contexto, o trabalho híbrido se transformou em realidade.

Em inglês, há um termo que define o processo de ir ao trabalho todos os dias, incluindo o cansativo deslocamento de ida e volta. “Commuting” é como o norte-americano chama o “ato” que custa horas diárias às pessoas e muitos passam um longo tempo diariamente. 

Em português não temos um termo parecido, mas parece que cada vez mais estamos normalizando o trabalho remoto e culturas organizacionais disruptivas e mais adequadas aos tempos atuais. O trabalho híbrido também surge como uma opção viável que beneficia tanto empregado quanto empregador. 

O que é officeless?

Não possuir um escritório físico para desenvolver o trabalho é uma das explicações para o que significa officeless. Isso tem muito a ver com a mentalidade da empresa e a sua forma de atuar, de dentro para fora.

Mais do que um discurso bonito, é uma forma de trabalhar remotamente de forma flexível, com compromisso, autonomia e propósito. 

O officeless poderia ser visto, por exemplo, como uma evolução do home office, que muitas vezes está mais ligado a um sistema mais convencional com microgerenciamento de tarefas e atividades. 

O empoderamento dos colaboradores e das lideranças ganha em importância. Isso não significa flexibilizar prazos e deadlines. Pelo contrário. Passa por uma gestão de projetos com possibilidade de ganho de performance por parte da equipe e um melhor aproveitamento do tempo de trabalho disponível. 

Neste artigo, a sócia da Prosperidade Conteúdos, Lillian Ambrosio, explica este que é o modelo empregado por aqui atualmente e como fazer uma boa gestão de equipes remotas.

Como trabalhar home office para grandes empresas?

Ilustração abstrata: uma mão com uma lupa sai de um notebook.Se você tem um bom currículo e expertise na área, é, sim, possível trabalhar home office para grandes empresas. Muitas delas hoje estão contratando nesse modelo de trabalho em áreas de trabalho diferentes. 

Independentemente do segmento de atuação da empresa, existem muitas oportunidades home office, principalmente para as áreas de vendas, marketing, TI. Veja exemplos de vagas:

  • Gestores Comerciais
  • Atendimento e Suporte ao Cliente
  • SDR e Business Development
  • Comunicação e Marketing
  • Designers
  • Especialistas em TI
  • Programadores
  • Webdesigners

Grandes empresas, entre elas as maiores do Brasil, têm vagas remotas disponíveis. O LinkedIn seria o canal mais indicado para encontrar oportunidades do tipo. Aproveite e siga a Company Page da Prosperidade Conteúdos!

Se você é iniciante, também há muitas oportunidades para diversas faixas de experiência. É só pesquisar e observar se há um fit com a empresa/vaga para buscar algo que faça sentido para a sua trajetória profissional. 

O que é cultura organizacional de uma empresa?

Como mencionei antes no texto, é importante encontrar uma empresa com valores e uma cultura organizacional apropriada ou alinhada com esse cenário de ambiente de trabalho (presencial, remoto ou híbrido). 

Segundo o autor Idalberto Chiavenato, "cultura organizacional é o conjunto de hábitos e crenças, estabelecidos por normas, valores, atitudes e expectativas, compartilhadas por todos os membros da organização". 

Isso significa que todos os membros compartilham dos hábitos e crenças de uma empresa e isso a faz única. Por isso, a unificação da visão entre colaborador e empresa é o que faz modelos de trabalho funcionarem na prática e os tornam mais ou menos bem sucedidos. 

Uma das coisas que me atraiu para fazer parte da Prosperidade Conteúdos é a cultura organizacional, assim como os valores da empresa, que traz os movimentos Officeless e Anywhere Office em sua raiz. É acreditar que podemos construir coisas grandiosas ao lado dos nossos clientes a partir desse modelo. Juntos!

A gestão certa sob as diretrizes ideais permite a construção de um trabalho ainda melhor e mais prazeroso, com equilíbrio e organização, permitindo maior previsibilidade e planejamento para o profissional e gestão. Se é o que você busca, recomendo fazer parte do nosso banco de talentos.

Se você leu até aqui e quiser entender como a Prosperidade Conteúdos pode te ajudar, leia outros artigos do nosso Blog, como: Agência de marketing digital full service: o que é e como contratar.

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts