Branding: o que é e por que é importante para marcas?

Estratégia traz valor real para empresas e cria conexões com público-alvo


Table of Contents


Ilustração: uma pintora reflete sobre uma tela em branco, representando o branding.

Uma marca vai muito além do produto ou serviço que vende. Quando ela cria conexões e se estabelece no imaginário do consumidor, passa a ser reconhecida quase que de forma automática. Podemos resumir isso como branding.

O branding também pode ser a reunião de valores, propósitos e posicionamentos de uma marca.

Neste artigo vamos mostrar a importância de ter um branding bem definido e como é possível trabalhá-lo no marketing digital para se consolidar cada vez mais no mercado, na mente e no coração do seu público.

O que é o branding?

Como já resumimos brevemente acima, o branding trabalha o conceito por trás de uma marca, ou seja, o que ela é e de que forma ela quer ser percebida pelo público. 

Para isso, é preciso um longo estudo, planejamento, estruturação e divulgação, para que todos os propósitos sejam bem definidos e transmitidos de forma assertiva para todos aqueles que serão, de alguma forma e em algum grau, impactados pela marca.

Quando se fala em identidade, é comum pensar no logotipo e todo o visual de uma marca. Mas isso é só a ponta do iceberg. A identidade envolve sentimentos e experiências. É sobre mensagem e conexão.

Tudo isso faz com que uma marca seja escolhida mesmo quando há outros produtos ou serviços com preços menores.

Qual é a importância do branding para uma marca?Duas mãos passando corações uma para a outra.

O objetivo central do branding é o reconhecimento, a ligação emocional entre marca e público. Veja alguns benefícios de uma boa gestão de marca:

  • Aumentar o valor agregado à marca;
  • Aumentar a confiança do consumidor;
  • Tornar a marca mais atrativa;
  • Reter e fidelizar clientes;
  • Engajar colaboradores;
  • Melhorar a experiência do consumidor;
  • Presença na mente do público.

Branding: Exemplo de case de sucesso 

Ao escrever sobre esse tema, é quase natural que venha à mente alguma empresa que seja um bom exemplo de tudo isso. No meu caso – e aqui peço permissão para falar em primeira pessoa –, a marca que lembrei imediatamente foi a Dove. 

Nos últimos anos, a marca buscou se diferenciar dos concorrentes e criar uma conexão com o seu público, ao estabelecer um discurso emocional sobre as belezas múltiplas das mulheres. 

A Dove, inclusive, criou uma campanha mundial chamada “Real Beleza”, com depoimentos e dados de mulheres de vários países afirmando sua beleza, indo contra todos os padrões estabelecidos pela mídia. 

Os depoimentos, inclusive, foram os grandes protagonistas desse posicionamento, por criar uma ligação emocional e fazer com que outras tantas mulheres comuns se identificassem com aquelas que estavam frente às telas. 

Especialmente a partir dessa ação, a marca passou a investir na produção de imagens que conversassem com esse propósito, sempre utilizando uma variedade de corpos.

Em cada campanha publicitária há um cuidado de reunir um casting formado por mulheres com diferentes formas, cicatrizes, deficiências, etnias, manchas e tudo mais que as tornam únicas – e belas.

Como trabalhar o branding no marketing digital?Um megafone enviando uma mensagem para uma orelha.

Não existe uma única fórmula para trabalhar o branding no marketing digital. No entanto, algumas ações fazem toda a diferença na hora de montar uma estratégia. São elas:

Identidade visual

Não pode ser o único ingrediente do branding, mas tem, sim, um papel importante para criar uma associação imediata na mente do consumidor. Trabalhe questões como logo, fontes, cartela de cores, imagens, unidade de estilo, entre outros pontos. 

Personalidade

Tentar pensar a marca como se fosse uma pessoa torna ela mais próxima do público que se deseja atingir. Isso inclui, também, a linguagem adotada para se comunicar com o consumidor. 

Canais

Branding envolve comunicação. Por isso é importante saber onde está o seu público para se relacionar com ele. Não é preciso estar em todos os canais, já que o fundamental é marcar presença naqueles que fazem sentido para a sua estratégia.

Conteúdo

E aqui entra o que você quer comunicar. A mensagem precisa ter qualidade, ser informativa e agregar valor. Para isso, uma boa estratégia de marketing de conteúdo é essencial. 

E o branding pessoal?

Tudo isso que foi dito até aqui serve, inclusive, para a sua marca como pessoa.  O branding pessoal é o uso dessas ações mencionadas acima para se destacar no mercado de trabalho e se tornar uma referência na sua área de atuação.

Por meio do branding pessoal é possível fortalecer imagem e competências, mostrando seu diferencial, dando destaque ao que o torna relevante no que faz.

Quer saber como o marketing de conteúdo pode ajudar no branding de sua marca? Entre em contato conosco para marcar uma conversa com nosso especialista.

Nova call to action

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts