Planejamento para Linkedin. Segredos e Dicas para Construção

Entenda como explorar da melhor maneira todos recursos que essa rede social oferece

Para gerar leads B2B e fazer com que sua empresa seja reconhecida como autoridade no universo corporativo, é fundamental contar com um bom planejamento para Linkedin. Você sabe como deve ser o conteúdo compartilhado nessa rede social?

Para te ajudar, selecionamos as principais informações a respeito dos passos que devem ser seguidos para que seja possível promover campanhas de sucesso. Descubra como obter os melhores resultados e gerar leads de forma estratégica.


Princípios do planejamento para Linkedin

Para criar conteúdos incríveis para Linkedin, o primeiro passo é compreender o propósito desse tipo de estratégia. Isso significa estabelecer um planejamento que responda o que será produzido, para quem está destinado e como será feito.

Esses detalhes são fundamentais para que todas as funções dessa rede social sejam exploradas com máxima eficácia. Isso garantirá que seu conteúdo seja direcionado às pessoas certas.


Informações sobre a empresa que devem ser adicionadas no Linkedin

Somente no Brasil, o Linkedin conta com mais de 43 milhões usuários cadastrados.  Diante desses dados, mais do que manter o perfil da sua empresa ativo na rede social, é importante utilizá-lo de acordo com as ferramentas de busca da plataforma.

Uma das primeiras coisas que devem ser levadas em consideração diz respeito ao conhecimento do algoritmo. Basicamente, ele valoriza a relevância das informações, a qualidade dos conteúdos e a frequência das postagens.

Além disso, é fundamental manter conexões com empresas profissionais que atuam no mesmo setor ou nicho em que seu negócio atua. Isso vai ajudar o buscador a sugerir e promover conexões de acordo com os interesses do seu segmento.

Também é fundamental que, na hora de criar perfil, todos os campos sejam preenchidos corretamente. Quanto mais informações forem compartilhadas, melhores serão as formas de alimentação do algoritmo.

Para fazer o resumo das atividades de sua empresa, aposte na utilização de tópicos. Comece pelos mais relevantes. O ideal é escrever de 2 a 3 parágrafos curtos e claros. Aproveite para mencionar as conquistas ou outros pontos que merecem destaque.

Outra estratégia fundamental que deve compor o planejamento para Linkedin está relacionada à escolha das palavras certas. Sempre que possível, aposte em palavras-chave com maior relevância, não só para a rede social, mas também para o Google.

Veja agora como produzir conteúdo de qualidade para a sua empresa


O que não pode faltar em um planejamento para Linkedin

  • Como já dissemos, o elemento mais importante do perfil da sua empresa no Linkedin é o conteúdo. Isso quer dizer que sua página deve estar atualizada com novidades e informações relevantes sobre o mercado.
  • Compartilhe cases, parcerias, dicas de segmento, curiosidades sobre a marca, premiações, entre outros assuntos. Não deixe de linkar as informações com seu site, blog e outras redes sociais.
  • É fundamental manter a atividade para engajar seguidores e tornar a empresa mais próxima dos usuários do Linkedin. Lembre-se de transmitir a imagem de uma marca proativa, antenada e atualizada.
  • Amplie o campo de conexões compartilhando conteúdos relevantes em grupos que possuem proximidade e afinidade com seu negócio. Além disso, estimule funcionários e parceiros a associar seus perfis ao de sua empresa.
  • Como estamos falando de uma rede voltada para o universo corporativo, é importante dar visibilidade para artigos profissionais. Apesar de não ser possível publicar longos textos na página da empresa, você pode divulgar os que são produzidos por seus colaboradores, por exemplo.
  • Aproveite essa estratégia para potencializar o aspecto humanizado de sua marca divulgando ideias, experiências, planos e conquistas dos funcionários que compõem sua empresa. Isso gera engajamento, reconhecimento e redes tangíveis de interação.
 

Como usar o Linkedin para manter sua empresa em lugar de destaque na internet

  • Como você percebeu, o planejamento para Linkedin conta com uma série de atividades que devem ser geridas por uma equipe que domina todos os recursos da plataforma. O mais apropriado é investir em uma agência especializada nessas estratégias.

    Veja também: O que é SEO e como ele será o seu mais importante aliado

    Pronto para apostar em uma curadoria completa de conteúdo para Linkedin?  Se precisar, não esqueça de que uma agência de marketing digital pode ser a alternativa para te ajudar no planejamento. 

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts