Como usar o autocomplete e as pesquisas relacionadas em conteúdos

Recursos oferecidos pela página de pesquisas e resultados do Google ajudam a entender intenção de busca dos usuários


Table of Contents


Ilustração: mulher em frente a uma barra de mecanismo de busca, representado as pesquisas relacionadas do Google.Recursos oferecidos pela página de pesquisas e resultados do Google ajudam a entender intenção de busca dos usuários

Ao fazer uma pesquisa, você já deve ter reparado que além dos links ranqueados com os termos da sua busca o Google também apresenta outros dois tipos de resultados.

No primeiro, ao final da SERP, surgem oito links relacionados ao tema que você buscou. Essas são as pesquisas relacionadas ao Google.

Já o segundo aparece antes mesmo de você clicar no botão “Pesquisa Google”. Ao começar a digitar o que deseja, o buscador mostra uma lista de opções. Este recurso é chamado de autocomplete e pode ser muito útil ao elaborar um conteúdo, como você poderá ver ao longo deste artigo.

O que são as pesquisas relacionadas do Google?

As pesquisas relacionadas do Google são os resultados que aparecem na parte inferior da SERP, após fazer uma busca. Quando o usuário clica em um desses links, é levado para outra página de resultados. 

Esse trabalho é feito pelo algoritmo do buscador (também conhecido como Googlebot), que determina quais são os termos relacionados à intenção de busca do usuário. Por isso mesmo, as pesquisas relacionadas merecem a atenção de quem trabalha bem o SEO na hora de produzir um conteúdo.

Como funciona o autocomplete?

Print de tela para busca do Google para o termo "marketing".O autocomplete entra em ação enquanto começamos a digitar uma busca no Google. Para isso, o algoritmo tem como base a análise de consultas comuns feitas anteriormente por outros usuários no buscador.

Essa função gera uma economia de tempo para o usuário e pode até ajudá-lo a encontrar mais facilmente o que ele procura, ou por oferecer, muitas vezes, opções de termos que ele não imaginou.

O autocomplete também ajuda os redatores na hora de produzir conteúdos. É possível usar o recurso para ter ideias de outras formas de busca de usuários sobre aquele tema.

Como utilizar as pesquisas relacionadas do Google?

Não há como falar sobre as pesquisas relacionadas do Google sem citar as palavras-chave. São justamente os termos que os usuários pesquisam nos mecanismos de busca, como o Google. 

Quando usadas de forma estratégica, as keywords têm papel determinante para um bom ranqueamento e para atrair o tão desejado tráfego orgânico. E as pesquisas relacionadas mostram quais são as palavras-chave secundárias adequadas para seu conteúdo. 

A partir disso, você pode criar um artigo mais completo, respondendo também essas questões. Vamos ao exemplo?

Fizemos a seguinte pesquisa: “como aumentar minhas vendas”. 

As pesquisas relacionadas que apareceram ao final da página foram as seguintes:

  1. como aumentar minhas vendas no Instagram
  2. como aumentar suas vendas com criatividade
  3. como aumentar as vendas pelo whatsapp
  4. 6 formas de aumentar suas vendas
  5. marketing para aumentar as vendas
  6. simpatia para aumentar as vendas
  7. como aumentar as vendas em tempos de crise
  8. ferramentas para aumentar as vendas

Visto isso, você deve estar se perguntando como usar esses resultados para o SEO. É isso que vamos explicar a seguir.

Como usar as pesquisas relacionadas e o autocomplete do Google?

Um notebook.Esses resultados podem ser ótimos insights para deixar o seu conteúdo mais rico e completo, com as respostas para as perguntas que os usuários fazem sobre determinado assunto. É claro que é preciso considerar o que faz sentido. 

No exemplo acima, por exemplo, será que o seu público realmente busca por “simpatia para aumentar as vendas”? É preciso considerar a persona (um personagem fictício que representa o cliente ideal de um negócio) e o que ela gostaria de encontrar ali. 

Outras possibilidades de uso das pesquisas relacionadas e do autocomplete são:

Planejamento de palavras-chave

Esses resultados podem ser um ótimo indicativo de quais são as palavras-chave relacionadas ao assunto do conteúdo que se pretende produzir. Uma boa dica é usar em paralelo ferramentas como o Semrush, para ver o volume de busca e a competitividade delas para saber se há grandes chances de ranquear bem. 

Entenda a intenção do usuário

Essa é uma boa forma para entender a intenção por trás de uma pesquisa e que que tipo de informação as pessoas estão procurando. 

Crie outros conteúdos

Você pode usar essas pesquisas relacionadas para criar o seu calendário editorial. Às vezes, nem todos os resultados fazem sentido em um mesmo conteúdo, mas pode ser uma opção para outro artigo, por exemplo.

Agora que você já sabe para que servem as pesquisas relacionadas do Google e o autocomplete, entre em contato conosco. Nossos especialistas podem ajudar sua marca a atrair um maior público.

Nova call to action

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber tendências e análises sobre as melhores práticas de marketing digital

Últimos Posts